sábado, 4 de julho de 2009

Afinidades de interesses?




Desde sempre valorizei o mundo dos afectos.

Apesar das desilusões e da crueldade que a verdade da vida por vezes encerra, sempre acreditei nos valores do amor e da amizade.

Mas, começo a questionar-me se a minha mente não está presa algures no imaginário reino do Rei Artur e dos seus cavaleiros da Távola Redonda.

Hoje, começo a questionar-me se Vagner não tinha razão quando afirmou:


"HOJE EU SÓ ACREDITO NO PULSAR DAS MINHAS VEIAS,
E AQUELA LUZ QUE EXISTIA HÁ MUITO ME DEIXOU

SÃO TANTAS ILUSÕES PERDIDAS NAS LEMBRANÇAS....

nessa estrada só quem pode me seguir sou eu...."




4 comentários:

Missanguita disse...

Eu optei por vários programas a solo... ao menos sei exactamente o que a pessoa comio pensa...

Eu Mesma! disse...

tantas ilusões perdidas mesmo....

ianita disse...

A verdade é que o nosso caminho quem o pode fazer somos nós... ninguém o pode fazer por nós...

Mas não acho que estejamos condenados à solidão. Eu ainda acredito... acredito em mim e na minha força... e acredito nas pessoas.... chamem-me ingénua, mas acredito.

Beijo

NI disse...

Missanguita, durante anos fiz isso. Depois de um interregno acho que vou voltar.

Eu Mesma, só não considero totalmente perdidas porque aprendi qualquer coisa.

ianita, também acreditei. Anos demais...

Beijos

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso