sexta-feira, 27 de abril de 2012

Basta de palavras e vamos aos actos. Pode ser?



Agradeço as vossas palavras de que eu sou "uma cota querida", que "eu sou romântica", que "sou uma boa amiga", que "sei ouvir", enfim...uma obra-prima da mãe-natureza.

Que gostam muito de mim, etc., etc.,

Vou ser curta e grossa:

- Como a cerimónia do meu casamento foi surrealista (com  a oposição das famílias - forma brilhante de não gastarem um "tusto" com o casamento -, com acidentes de viação, com o roubo do bolo da noiva e afins), prometi a mim própria que se chegasse a fazer 25 anos de casada teria a festa que gostaria de ter tido quando me casei. Levar um vestido bonito, ter os amigos junto a mim numa sala toda enfeitada com flores e música. Muita música.

- Com a sorte que tenho faço 25 anos em plena crise económica, logo, estou sem dinheiro para festanças e, como sempre, não tenho família que me ajude.

- Como se não bastasse o dia 30 de Maio calha a uma quarta-feira (vá lá que desta vez ele disse que faltava às aulas).

- Consequentemente, passem das palavras aos actos. Coloquem essas mentes a trabalhar e comecem a dar ideias para comemorar os meus 25 anos de casada sem gastar muito dinheiro.



Nota 1 - Prescindo da ideia de passar a noite agarradinha ao "mais que tudo", junto à lareira a ouvir José Cid. É que se eu der essa ideia o mais certo é ele ir às aulas, a filhota mais velha alegar entrega de projectos e nem vir a casa e a filhota mais nova ir para o quarto namorar via telemóvel para eu não ouvir, (como se nunca tivesse tido a idade dela - só não tinha era telemóvel - )

Nota 2 - Prescindo de ideias para vestidos e de prendas para dar ao "mais que tudo" e vice-versa. Não tenho dinheiro para essas coisas.

12 comentários:

Eu Mesma! disse...

25 anos já?
ena :)

Utena disse...

Só por fazeres 25 anos nesta altura do campeonato é um feito!
E se existe amor para isso... o resto vêm por acréscimo mesmo que seja uma ida ao Mac!

Beijos

Iceberg disse...

Actos, não é?
Então faz-me lá um favor e responde a estas perguntinhas:

1. Quantas pessoas queres?
2. Vai ser em casa? Na varanda? na sala? Jardim? (é que não sei quais as hipóteses)

Se me disseres isso, aposto que te arranjo uma ideia catita... :)

Iceberg disse...

Se preferires responde para o mail.

Confuskos disse...

Visto que isto merece uma boa resposta, fi-lo da melhor forma que sei!!

http://ascartasquenaoescrevi.blogspot.pt/2012/04/o-casamento-da-ni.html

Beijinho senhora*

SuperSónica disse...

25 anos é de valor!
Adorei o post, gosto quando as pessoas são curtas e grossas e não fica nada por esclarecer!!! Tomaaaa

S* disse...

Uau, antes de mais nada parabéns!

Olha, pois eu sugeria que a família fizesse uma vaquinha... em vez de se porem com prendinhas disto e daquilo, ofereciam-vos uma viagem. :D

S* disse...

Se queres celebrar em família, sugeria uma espécie de buffet - mas versão chique - no quintal da casa.

agridoce disse...

Quando chegar a altura, dar-te-ei os parabéns.

É por "ler" estas coisas e olhar para outros casais (os meus pais, por exemplo) que ainda acredito no amor...

Se tiver alguma ideia luminosa, aviso!
Bjo.

AC disse...

Que tal armares uma tenda de jardim numa praia bonita, levares uma refeição confeccionada, um bolo giro, uma mesa grande de jardim, umas cadeiras de plástico, arranjares o espaço a gosto convidares uns amigos em traje informal e fazeres uma festa à beira mar com a praia só para ti num maravilhoso dia de primavera envergonhada...até as tuas filhas podiam ajudar a fazer isso... umas velinhas pelo caminho, musica fixe e uma tarde animada, informal como eu gosto e descontraída rodeada por quem mais gostas. não sai muito caro nem é muito trabalhoso hoje em dia já há tendas super baratas e muito fáceis de montar.
Eu adorava...e parabéns por fazeres 25 anos de casada, esse record não é para todos:)

Beijinho

Miguel disse...

Não compliques nem tenhas muito trabalho, porque isso tira um pouco a beleza de dia que vocês devem ter. Vê quem queres ter presente, escolhe um restaurante, escolha uma ementa e convida as pessoas. Cada um paga o seu, que é tudo gente compreensiva, adulta e, suponho, gosta de vocês.

Espero que, seja qual for a festa, tenhas um óptimo dia.

Beijo

Catarina disse...

No ano que passou os meus pais fizeram 25 anos, é tão bonito, façam algo simples, reúnam quem gostam, eu gosto da festa dos meus pais e foi bastante simples :)*

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso