domingo, 28 de maio de 2017

Sedutora Sensação...

 
Imagem da net
 
 
Eis o filme que vejo sempre que preciso de me "levantar". É um dos filmes que tenho gravado no computador e que me acompanha onde quer que eu vá. Hoje passa no canal Hollywood.
 
É daqueles filmes que me arranca sempre um sorriso e me faz acreditar.
 
A história é do mais simples que existe. Três amigos de infância (dois rapazes e uma rapariga) inseparáveis.
 
Na idade adulta...

Ah, um deles é padre e outro é rabino!

Mais do que falar da sedução, uma história sobre a verdadeira amizade.
 
Vejam o filme quando puderem.
 
A música que deixo faz parte da banda sonora e é ...ai...pura sedução!


"Do you want to know
If everything glittering
Will turn into the gold
I see in your hair
I feel it could be there
Somehow, tonight


And do you want to find
Something worth saving
The change would do me right
Cause I've been just waiting
And hesitating
With this heart of mine
You're still a mystery
But there's something so easy
In how you're sweet to me
I feel completed
Like it's something I needed
For this heart of mine
There's always something so tragic
About a hopeless romantic
So though we cannot know
If everything glittering
Will turn into the gold
I'm through with waiting
And hesitating
I want you taking
This heart of mine"

Fosga-se....

 
Com o menino no Jamor, estava aqui a menina a pensar relaxar todo o santo dia. Estar, literalmente, sem fazer nenhum. Deitadinha a ver bons filmes e séries...
 
Só que a menina não se recordou que este fim-se-semana é dia de festa na aldeia e que os organizadores se lembraram de colocar uma corneta, (sim, uma corneta), mesmo em frente ao meu quarto.
 
Acordo com um gajo aos berros, numa tentativa sofrível de imitar o Quim Barreiros, e, até ao momento, conseguiram o impossível: colocar cantores  piores do que o primeiro. Agora está a dar a Maria Leal...
 
Oh, valham-me os santinhos todos. A sério, não tenho sorte nenhuma...
 
Música? Nem coloco nenhuma. Venham até à aldeia!!!

sábado, 27 de maio de 2017

...

 
 
Imagem da net
 
 
Nos últimos anos, por motivos que agora não interessam, tenho-me dedicado cada vez mais ao trabalho.
 
A minha semana conta-se em poucas palavras.
 
Geralmente chego às 8.15 h. e vou direta à cantina tomar uma boa dose de cafeína, acompanhada de alguns colegas, (somos oito, cinco homens e três mulheres e é a altura em que falámos daquilo que não interessa para nada mas que nos arranca sempre um sorriso).
 
É raro sair do trabalho antes das 20.00 horas, e é raro o dia que não trago trabalho para casa.
 
Ontem a Chefe deu ontem conta que eu tinha 32 dias de férias para gozar e entrou em estado de sítio. Ni Maria, tens que tirar férias, a vida não é só trabalho.
 
Certo! Mas, para mim, com as filhas criadas e as desilusões que levei, continua a ser a melhor forma de nos esquecermos daquilo que perdemos e, de alguma forma, sentir que ainda estamos vivos...
 
Fiquem com uma das músicas que mais gosto de ouvir...
 
 
Tenham um grande fim-de-semana!
 

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Ai o amor...



Imagem da net 
 
O menino chega a casa e mostra todo contente o bilhete para ir assistir ao final da Taça de futebol (pois, mais um domingo em que a menina fica a ver pardais ao ninho).
 
A modos de esfriar os ânimos:
 
- Sabes que vamos fazer 30 anos de casados?
 
- Sei.
 
- Engraçado, todos foram contra o nosso casamento. Quer dizer...todos não!. Nós os dois fomos teimosos e remámos contra a maré...
 
- Deve ser por isso que vamos fazer 30 anos de casados. Somos demasiado teimosos.
 
A sorte dele foi ter dado uma gargalhada e ter tido o cuidado de sair da minha beira!
 
A música? Só pode ser esta:
 

 
 
 

Pensamento do dia...


O pensamento de hoje é da autoria de Raul Minh’alma, jovem escritor de 24 anos que tem pensamentos absolutamente fantásticos...a sua nova obra chama-se " Larga Quem Não Te Agarra ".
 

Imagem da net
 
 
 
Entretanto, fiquem com o menino que vou ouvir ao vivo no Marés Vivas.
 
 

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Porque hoje me apetece dizer isto...



 
 
Quem não quiser...paciência. Nunca impus, não imponho e nunca irei impor a minha presença!!!
 
Até porque tenho uma enorme vantagem. Lido muito bem com a solidão.
 
E a música, só podia ser esta...porque escolhi o Shane Filan para me fazer companhia ao longo do dia hoje. Um dia imperfeito, como eu...
 

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Notas soltas...

 
Nicki Minaj esteve no talk show de Ellen Degeneres e afirmou estar a praticar o celibato. Minha querida, nem imaginas o quanto essa notícia me deixou descansada...
  
Hailey Baldwin escolheu um modelo com um grande racha para desfilar na passadeira vermelha do Festival de Cinema de Cannes, e quase mostrou mais do que era suposto. Sinceramente Hailey, ou mostras, ou não mostras. Não podes deixar os homens nessa ansiedade...
 
Kim Kardashian fez questão de assinalar o terceiro aniversário do casamento com Kanye West. Muitos parabéns, minha querida. Na terça-feira eu faço trinta anos de casada. Uma bagatela comparada contigo!
 
E assim vão as notícias nos nosso jornais on line.
 
Sou só eu, ou há qualquer estranha?
 
Como compensação fica aqui uma das fotos da Nicki Minaj...essa "queriduxa"...

Imagem daqui


Música? Depois destas notícias? Qualquer coisa serve...

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Conclusão óbvia...

Imagem da net


Sei fazer uns jesuítas de comer e chorar por mais.

Quanto a pastéis de nata...Ni Maria estás proibida de voltar a tentar!

Fosga-se, chego a casa às 20.30, faço o jantar e ainda me lembro de fazer natas em vez de estar quietinha.

As insónias têm destas coisas...

Estou agora a magicar que doce vou fazer agora...

domingo, 21 de maio de 2017

Sim, eu sei...



Que esta música é repetida.



Mas depois de ver o meu FCP a jogar só me apetece cantar esta música enquanto danço.
 
Não me perguntem porquê mas esta música faz-me lembrar uma noite em que estava a dançar com a minha querida Djinn...

sábado, 20 de maio de 2017

Quer colo...

Imagem da net


O menino, como tem sido habitual nos últimos anos, está no Bessa a ver o "seu" Benfica.
 
Passatempo do menino? Mandar fotos de jogo de dois em dois minutos.
 
Claro está que quando o Boavista marcou mandei uma das minhas piadas ao que ele respondeu: "Para o ano há mais", com um big smile.
 
Ao que eu respondi: "Para o ano há mais roubos, há... mas este ano temos um quarto vago na nossa casa".
 
 
Não sei porquê, mas o menino há quinze minutos que está caladinho...
 
A música é esta:

 
 

Os signos do zodíaco....



E os desenhos animados....


Eu tinha que ser a amorfa da Bela Adormecida...

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Porque hoje me apetece dizer isto...




Nota:

Post agendado porque à hora da sua publicação estou a participar numa homenagem pública a um Amigo que perdi em Setembro do ano passado. Um Amigo que foi o meu segundo pai... Que me acompanhou durante 35 anos.

Tenham um grande fim-de-semana!

Cinquentona...


Quando fiz 50 anos escrevi:

Quando ainda pertencia ao clã dos quarenta escrevi neste espaço que é nos quarenta que alcançamos a plenitude da nossa inteligência emocional face às relações amorosas.
 
Atingido que está o meio século da minha vida e assumindo que estou mais descrente e, mais cínica ( demorei mais tempo do que seria razoável a deixar de acreditar em Genoveva e Lancelot, ou então, quem sabe, a culpa é do D. Quixote que me fez acreditar que os sonhos comandam a vida), o que muda? 
 
Nada.
 
Continuamos a viver um dia de cada vez. A sentir um dia de cada vez. Sem dependências ou falsas quimeras. Sem julgar. Sem criar expectativas imensuráveis.
 
Sem pretender que nos amem...porque sim.

Mas que nos amem por aquilo que somos. Porque se identificam connosco. Porque somos "aquela".

Porque vemos o amor como algo sereno.

Porque temos consciência de que a vida pode terminar de repente e que não vale de nada adiar os afectos.

Sabemos, apenas e tão só, que devemos encarar aquilo que sentimos com toda a serenidade e viver as emoções, intensamente, um dia de cada vez.


Em noite de insónias comecei a pensar o que mudou nestes dois anos.
 
Bom, confesso, mais brancas, mais rugas, mais... não é para falar aqui...
 
O que muda?
 
É verdade que começamos a ver a vida a correr rápido de mais e começamos a ficar sem forças de a acompanhar...
 
Reforça-se o sentimento de que a vida é para viver um dia de cada vez e não se deve esperar muito dela. É lenta a dar mas rápida a tirar...

 
A música é esta:
 

  
 

quinta-feira, 18 de maio de 2017

A carta...

 
 
A gaja sai do trabalho às 20.00 h. São cerca de 30 minutos de viagem até casa.
 
Entra no carro e o menino lembra-se que antes de ir para casa tem que entregar em mão uma carta qualquer necessitando de fazer um desvio de cerca 10 Kms.
 
Imagem da net
 
 
A gaja barafusta, cansada após 10 horas de trabalho.
 
Que ainda tem que fazer o jantar ... Que não tem jeito nenhum.... Que assim nem às 10 da noite começa a jantar....
 
O menino amua. A gaja chega a casa e começa logo a trabalhar a 100 à hora para ter o jantar pronto o mais rápido possível.
 
Chama para a mesa o menino. Mas onde é que ele está? A gaja nem precisa de pensar muito. Foi entregar a famosa carta.
 
Foi fazer 40 Kms para entregar uma carta? Perguntam vocês. Não, responde a gaja.
 
Foi entregar a carta para chatear a gaja.
 
Ah, o jantar foi servido às 10 da noite!
 
A música de hoje? Bem pode ser esta:


Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso