quinta-feira, 11 de março de 2010

O erro...





Todas as paixões nos levam a cometer erros,

mas o amor faz-nos cometer os mais ridículos.
François La Rochefoucauld


Não vou perguntar se já cometeram algum erro por paixão ou por amor. É algo redutor e não tem piada nenhuma falarmos somente nos erros que cometemos.


Vamos alterar um pouco a frase do François que ele de certeza que não leva a mal e vamos confessar as coisas mais doidas que fizemos por paixão ou por amor.



9 comentários:

Sadeek disse...

Fugir pela janela com as calças na mão quando o marido dela entrou pela casa dentro conta?

BEIJOOOOOOOOOOOO

NI disse...

Claro que conta.

E, podes crer, é suficientemente ridículo, ahahahahahahah

Beijo

Eu Mesma! disse...

Todas as paixões nos levam a cometer erros, mas o amor faz-nos cometer os mais ridículos.

nãoooooo
que disparate!

NI disse...

Pois...

Então és a única, ahahahahah

Sadeek disse...

Mais ridículo será que não foi bem a paixão ou o amor os culpados disto...foi mesmo a chamada "força do amor" que falou mais alto...AHAHAH

só uma mulher disse...

ehehehe

..sair de uma garagem, dentro da mala do carro...

NI disse...

Sadeek, escusas de entrar em pormenores porque todos já entendemos, ahahahahahah

só uma mulher, eu já tive que entrar num carro com uma peruca a fazer de Maria Bethania quando ela acabou um espectáculo no Coliseu do Porto. Ela queria sair disfarçadamente e o manager dela que se dava bem comigo cravou-me para o serviço, ahahahahaha

Ricos tempos de rádio. Agora, eu fui confortávelmente sentada. Numa mala de carro...chiça....

só uma mulher disse...

:)

Sadeek disse...

Sou um cavalheiro senhora! Acha que ia dar pormenores? :D

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso