sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O amor no trabalho...




Se pensarmos um pouco chegamos à conclusão que passamos mais tempo com quem trabalhámos do que com as nossas famílias.


Por exemplo, no meu caso, passo cerca de 12 horas no meu local de trabalho. Se tirarmos as horas normais de sono, estarei cerca de 3 horas por dia com a minha família.


Não será, pois, de estranhar que se criem afectos entre as pessoas.


Mas deixemo-nos de retóricas até porque estou com 3 horas de sono...


Vamos lá desbobinar...


Alguma vez apaixonaram-se por algum(a) colega de trabalho?


Quem tomou a iniciativa?


Antes que me perguntem, eu antecipo-me:


Nunca me apaixonei por um colega de trabalho mas havia um em particular que conseguia arrancar de mim o que de pior eu tenho. Enervava-me só de olhar para ele. Vá-se lá saber como, cinco meses depois de mais uma célebre discussão...estava casada com ele. E, 22 anos depois, continuo.








18 comentários:

VCosta disse...

Por aqui diz-se que os melhores amigos andam à porrada pelo menos uma vez... tou a ver que por aí tem que discutir bem com o homem que se vai casar!!!
E não há nada por cá... só lá fora!!!

Sadeek disse...

Ni...conheces aquele ditado do "onde ganhas o pão não comas a carne"?! Pois bem...eu não o sigo...AHHAHA

Paixão ou amor...não, não me lembro de alguma vez ter sentido. No entanto tive várias que me deram a volta à cabeça. É o problema do "bicho mulher".....deixamos de raciocinar e passamos a pensar com.....HAHAHA

Não casei com nenhuma... :D

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOO

NI disse...

VCosta, os melhores amigos andam à porrada pelo menos uma vez? As coisas que eu aprendo contigo, ahahahahah

Sadeek, o problema não reside no "bicho mulher". Reside mesmo numa das tuas...ahahahahahah

Bjs

VCosta disse...

Por aqui é quase certo!!!

NI disse...

Acho que tenho que mudar de emprego. estou a precisar de acção, ahahahahah

VCosta disse...

Aulas de BodyCombat podem resolver a situação...

NI disse...

Tenho mais jeito para o râguebi.

:)

VCosta disse...

Na base de levar tudo à frente!
Bem, quer dizer... será melhor ficar apenas como teu "conhecido" virtual...
É que nem quero pensar o meu estado se um dia calhassemos de ficar "grandes amigos" virtuais...
Levava assim uma carga de lenha (ou de vírus)...

Eu Mesma! disse...

Nunca....
sou da opinião que trabalho e lazer não se misturam...

já jantei com colegas e já bebei cafézinhos e afins mas... nunca com intuitos de relações...

NI disse...

VCosta, tristeza... (já não ouvia esta palavra há muito tempo). Eu sou a doçura em pessoa...de vez em quando, ahahahahahah

Eu Mesma, pois, eu também pensava assim e caí com um café e uma nata, ahahahahahah

VCosta disse...

lol... be friendly!!!
Vou trabalhar... já deves estar farta de me aturar!!!
See you later...

NI disse...

Não te preocupes. Quando estiver cheia de te aturar, apercebes-te, ahahahahah

Bom trabalho.

VCosta disse...

Aparece-se no meu monitor...
"O seu disco rígido está a ser formatado!" hahahaha
well... Fica bem. Bom almoço.
De tarde, dou cá um salto!!!

NI disse...

Sortudo...

Não vou almoçar. Quando estou sozinha nunca almoço. Como a minha Pinxexa vai estar 20 dias fora, vou aproveitar para perder mais alguns quilos, ahahahahah

Bom almoço para ti.

Sadeek disse...

Essa nao tem nenhum problema, ó querida...AHAHAH

NI disse...

Ahahahahah

Para teu bem, espero que não...

Chocolate disse...

NI,

O meu P. trabalhava na mesma empresa que eu mas em áreas completamente distintas...

Lá nos encontrámos por intermédio de uma colega, e lá começamos a namorar!!

Ao fim de 4 meses vivíamos juntos, e ao fim de 6 estávamos casados, ao fim de 13 meses fomos pais pela primeira vez, aos 28 meses fomos pais pela segunda vez...

E daqui a 4 meses fazemos 120 meses de casamento!!

O P. tornou-se meu amigo, e mais tarde no meu melhor amigo de sempre!

Ele continua a trabalhar na mesma empresa e eu já saí. Ele continua com a mesma profissão e eu já mudei, mas nunca nos mudámos!

NI disse...

Já viste as coincidências :)

Tive a minha primeira filha dois anos depois de me casar. A 2º, 11 anos depois.

Eu e o meu A. temos profissões distintas e há mais de 18 anos que não trabalhámos juntos.

Ao fim destes anos todos sabemos o que esperar um do outro só com o olhar...

Ah, e apesar de ele ser mais velho do que um ano...eu pareço bem mais velha que ele. Ele parece um trintão. A minha sorte é que nunca tive ciúmes, ahahahaha

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso