sábado, 13 de março de 2010

As ideias fixas...




Ao longo da vida vamos criando ideias fixas que influenciam a nossa forma de ver e estar no mundo.


Ocasionalmente, circunstâncias diversas abalam a nossa estrutura mental e vemo-nos a pensar e/ou agir de forma ingruente com o que sempre pensamos e defendemos.


Nunca tive problemas em alterar as minhas opiniões/ideias quando chego à conclusão que estava errada. Encaro este facto com toda a naturalidade e, mais ainda, como forma de amadurecimento e desenvolvimento pessoal. No dia em que deixar de aprender e crescer já não estarei a fazer nada no mundo em que sou uma ínfima parte.


Vem isto a propósito de uma ideia fixa que sempre tive. Provavelmente por ter perdido todos os meus entes queridos ou no Natal ou quando faziam anos, sempre fiz questão de comemorar esses dias como se fossem os últimos. No Natal gosto de ter a minha casa repleta de amigos e quando alguém de quem gosto faz anos gosto de fazer festas-surpresa. E sempre comemorei intensamente os meus anos. Ao almoço só com amigos e ao jantar com familiares e amigos.



Factos ocorridos na última semana fizeram com que, pela primeira vez, não comemorasse os meus anos. Não houve almoço, nem jantar.


Durante o dia de hoje dei por mim a pensar se teria, de alguma forma, alterado a minha opinião sobre a importância daquelas datas.


Cheguei à conclusão que não. Mantenho a mesma ideia fixa. Não me convenceram que eu estou errada...




4 comentários:

Abobrinha disse...

Oh, moça, não sabias ter ligado, caramba? Eu não estava assim tão ocupada!

Um dia é só um dia. Este pelos vistos não foi especial como querias que fosse. Mas é só um dia: os outros são também especiais e eu sei que os vives como tal.

Já agora, o de hoje é especial para mim de maneiras certas e erradas ao mesmo tempo.

Eu Mesma! disse...

existem anos que nem sequer comemorei o meu aniversario...

porque?
nenhum razao importante.... apenas porque sim....

mas em outros anos saltei e pulei...

depende do momento diria eu...

Miguel disse...

Uns dias são de uma maneira e outros são de outra…

Provavelmente tens tido uns dias e tens saudades dos outros...

Acontece!

Não sei se já tinhas percebido...

só uma mulher disse...

Comigo é assim... todos os dias são importantes.. fico tristissima quando somente nos aniversários se lembram de mim... e eu não estou cá o ano todo? ainda por cima não gosto de comemorar o meu aniversário.. eu acho que é a vida que nos prega estas partidas.. valorizamos umas coisas de uma vez, outras de outra... acredito que ainda que não tenhas comemorado, te sentiste bem assim, fizeste o que o coração te pediu..

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso