sexta-feira, 16 de abril de 2010

16 de Abril de 2007


Foi no dia 16 de Abril de 2007 que escrevi o primeiro post deste blogue.

Alguns perguntarão porquê "Ni-Entre Amigos". Questionarão se não estarei a menorizar a palavra amizade.

Já afirmei muitas vezes que os meus verdadeiros amigos não ultrapassam o número de dedos que tenho numa mão. São os meus AMIGOS.

Mas será que há vários tipos de amizade?

Sempre entendi que temos "AMIGOS" e "conhecidos". Mas há também quem defenda que existe uma outra categoria de amigos: "os amigos profissionais" (aqueles relacionamentos que mantemos em termos profissionais e que se baseiam na "utilidade recíproca").

Mas, independentemente da noção que temos de "amizade", a dúvida mantém-se. Porquê este nome?

Este é um blogue cujo tema principal é a relação entre pessoas. Os sentimentos individuais e colectivos. Os afectos. E, ao contrário do que possa parecer não é um tema fácil.

Fácil é falar de política ou de desporto (apesar dos nossos afectos não serem alheios às opiniões que omitimos quanto a estas duas questões). Mas todos nós temos dificuldade em dar a conhecer o nosso íntimo. Em dar a conhecer as nossas fragilidades, as nossas dúvidas, os nossos medos...

O curioso é que o ser humano tem, na maioria das vezes, maior facilidade de partilhar os seus seus sentimentos com quem não conhece, provavelmente por saber que não será tão criticado se a sua ideia fugir aos dogmas e ícones ditos "normais".

Todos nós temos um "nome" virtual. Mas é sobre esse nome virtual que muitas vezes nos damos a conhecer aos outros e, acima de tudo, a nós próprios. Porque nos "obrigam" a uma viagem de auto-conhecimento. E nessa viagem vamos descobrir coisas sobre nós que nunca tínhamos imaginado.

Mais, ainda, quantas vezes foram os nossos "amigos virtuais" que nos levantaram a moral? Que nos deram uma palavra de incentivo? Que nos ajudaram a sorrir de novo? Que nos disseram que, apesar de tudo, vale a pena saborear a vida?

Não tenho resposta para a pergunta colocada logo no início deste post. Será que existe um patamar entre AMIGOS e conhecidos?

Apenas sei que os AMIGOS são a família que temos oportunidade de escolher.

Apenas sei que a amizade é, em si mesmo, uma viagem. Uma longa viagem de descobrimento de afectos e sentimentos.

E nos últimos 3 anos tem sido uma viagem que me tem dado mais do que aquilo que esperava...

14 comentários:

Lança disse...

parabéns Ni :)

leitanita disse...

Parabéns e VIVA a Amizade!

Chocolate disse...

Parabéns
Um beijo Grande!
E Obrigado por todas as vezes que me levantaste a moral!

Eu Mesma! disse...

Parabens :)

NI disse...

Lança, que saudades :)

leitanita, acima de tudo, viva a amizade.

Chocolate, penso que foram mais as vezes que me "deste" a mão. :)

Eu Mesma, obrigado.

Beijos

Storyteller disse...

O teu blog hoje é bebé!!! Parabéns!
Nem imaginas a verdade que está em tudo o que escreveste neste post. Quantas e quantas vezes é mais fácil contar algo a alguém que não conhecemos, que não nos julga e que simplesmente gosta de nos ver bem. Se calhar, do outro lado, está um pouco de egoísmo pois se quem gostamos de ler não está bem, também a sua produção bloguística vai por água abaixo e ficamos sem nada para ler!
Agora a sério, julgo que acabamos por estabelecer alguns laços neste mundo virtual e quando sentimos que alguém está mais triste, ficamos genuinamente preocupados.
De qualquer das formas... Beijos GRANDES!!!

NI disse...

Storyteller, estou convicta disso.

Tive a prova disso este ano no dia dos meus anos. Só não passei esse dia sozinha porque contei convosco. Foi uma experiência amargo-doce mas que ficará para sempre na minha memória.

Beijo

Sadeek disse...

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOO

NI disse...

Sadeek, sabes que és um dos grandes "responsáveis" pelas gargalhadas que dei, pelo apoio que senti e pelo sorriso do meu olhar :)

Beijo

só 1 mulher disse...

Descobri recentemente, que no mundo virtual encontro o "espaço" para falar, desabafar. Aqui ouço opiniões, que valem o que valem, mas é aqui também que tenho encontrado pessoas boas, ainda que não as conheça pessoalmente.. algumas delas têm verdadeiramente feito a diferença...

1 grande beijinho Ni, e continua por aqui

Rui da Bica disse...

Reflexão muito interessante, Ni.
Em muitos casos criamos uma certa "personagem", algo diferente de nós próprios, mas muitas vezes no bom sentido.
Sentimo-nos mais "abertos", mais francos, mais libertos. Muitas vezes dizemos coisas que talvez não dissessemos frente a frente. Creio que essa "personagem" virtual, acaba por ser mais "o real" que o próprio "real" !
A verdade é que se encontram amizades virtuais, bem mais fortes que muitas outras, no mundo real.
Parabéns pelos 3 aninhos ! :))
.

Lena disse...

Conheço este blog há muito pouco tempo, mas gosto muito dele e, por isso, aqui deixo os parabéns à sua criadora.
Na verdade também partilho essa opinião de que é muito mais fácil desabafar algumas situações com desconhecidos, mas pensava que não era assim tão comum, pelos vistos enganei-me.
Então que venham outros tantos anos para continuar esta viagem!

Sadeek disse...

O que só demonstra o estado de insanidade em que a minha amiga está....AHAHHAHA

;)

Bloguótico disse...

Eu sei que hoje já não é dia 16, mas ficam aqui registados os meus parabéns! Como costumo dizer sempre que dou os parabéns atrasados... hoje fui o primeiro a dar-te os parabéns! :D

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso