quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Da paciência (ou falta dela)...

 
Imagem da net
 
 
Sim, eu sei. Mais um dos meus terríveis defeitos. Não tenho paciência.
 
Não tenho paciência para a deslealdade.
 
Não tenho paciência para a falta de educação e de lisura nos actos.
 
Não tenho paciência para aquele tipo de pessoa que está convencido que aqueles princípios com nomes esquisitos como "geocêntrico e heliocêntrico" e que ditaram que a terra gira à volta do sol  foi alterado para o "sol gira à volta de mim".
 
E, já que sou uma gaja impaciente, não tenho, definitivamente, paciência para os meus queridos colegas que vêm ter comigo só para dizer que ultimamente ando muito triste e estou mais velha...
 
Fosga-se...
 
Se não fiz nenhuma operação plástica é natural que esteja mais velha hoje que ontem. Certo? Certo.
 
Mais a mais, o que não me falta em casa são espelhos e olho para as minhas "fuças" pelo menos uma vez por dia e na pior altura do dia que é de manhã após mais uma noite de insónias.
 
Mais, ainda, sou a primeira a assumir que nos últimos tempos pareço ter mais 10 anos em cima e não estou a dar uma grande ajuda à minha "beleza" com a dose de cafés e de cigarros que duplicou.

Agora, estar a fumar para desanuviar e virem ter comigo só para dizerem que ando triste e velha..."ai mi madre"... já chateia.

Acreditem, há alturas em não ajuda nada ouvir estas verdades. Principalmente depois de uma noite de insónias.

Sou tudo menos santa... ou o meu número de calçado não fosse o 39 (ok, 40 se forem botas)!!!


Valham-me os "Take That" que me deram a possibilidade de cantar este tema aos berros...

4 comentários:

Rui Espírito Santo disse...

ahahah... Manda-os dar uma volta, Ni ! ... É uma grande verdade ! ... Porque será que a enorme maioria das pessoas não fala nas "coisas positivas" que nos rodeiam e nos possam alegrar e só vejam e falem no que é negativo ?!... rsrs
Qual a necessidade de se viver atormentado e atormentar os outros ?...
:))))) Abraço, Ni ! rsrs
.

Sorriso disse...

As pessoas no geral andam deprimidas é certo, mas o defeito de fazerem os outros de coitadinhos deve ser característica de alguns que não se vendo ao espelho , cegam e dizem voluntária ou involuntariamente aos outros coisas que "machucam" . Ora , quando alguém não se sente nos melhores dias, aquilo que menos quer ouvir é dizer "não estás bem". Fosga-se que mania bem portuguesinha!
Olha sou do contra, e quando estou em baixo disfarço como posso, arranjo-me melhor, pinto-me , ponho um blush ..habitualmente nem o faço Olha e se conseguires, mesmo com esforço, sorri e vais ver que esses do "desgraçadismo" desaparecem num instante e até te vão perguntar então?.
Força nunca te deixes ir abaixo. Se a vontade for de desistir de qualquer coisa insiste sempre.
Bjs

P.S . Ontem retirei o comentário que fiz ,simplesmente porque, mais tarde reparei que o mesmo não era o âmbito da publicação.Tinha lido mal.Ficam as minhas desculpas.

A Minha Essência disse...

Há pessoas que têm o dom de serem inoportunas, e uma falta e chá de todo o tamanho. Ignora, Ni. Não é fácil, principalmente quando estamos assim, mais frágeis, mas ignora. É a atitude mais assertiva para esse tipo de pessoas assim, que se alimentam do mal alheio.

Um abracinho

Ricardo Santos disse...

Vamos lá levantar esse astral com uma bela Rumba

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso