sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

A propósito de gordura versus sensualidade...

 

Imagem da net
 

 " A mulher que se preocupa em evidenciar a sua beleza
anuncia ela própria que não tem outro maior mérito."
  
Julie Lespinasse

 
 Quando me preparava para sair do emprego um grupo de quatro colegas decidiu interpelar-me no sentido de dar a minha opinião sobre um tema de grande relevância nacional.

Qual era, perguntam vocês? Ora, elas pretendiam saber qual era a minha opinião sobre dietas e afins. Segundo as "ditas cujas", era inadmissível uma mulher ter gorduritas a mais pois isso transformava-a numa mulher feia e nada sensual.
 
Confesso que a minha primeira reacção foi perguntar se não estavam a brincar comigo. Logo a mim?
 
Bom, poucos de vocês me conhecem pessoalmente. Mas quem me conhece sabe que não sou, nem nunca fui um "esqueleto ambulante". Quis a mãe natureza (e a minha santa boca) que fosse sempre uma mulher com um corpinho "que ocupa mais espaço do que o normal"...
 
Mas daí dizer-se que por força das minhas gordurinhas de estimação não posso ser uma mulher sensual, alto lá e para o baile. Se não for sensual não será por causa dos meus 70 Kgs (a minha balança está um pouco desequilibrada) em cima dos meus 1.62 m.

É verdade que não tenho um "corpinho danone" (sim, daqueles que não têm nada onde agarrar) mas, em contrapartida, não tenho celulite (tomem lá e embrulhem). A celulite entendeu que não valia perder tempo comigo. Teve a esperteza suficiente para saber que eu não lhe ia ligar nenhuma pelo que foi chatear outra...
 
Mas qual é o problema de uma pessoa ter umas gorduras a mais? Em que medida é que isso se transformou num barómetro de sensualidade?

Tem um pouco de barriga? Mas não é suposto termos barriga? Quem é que disse que ela tinha que ser plana? Onde está escrito?

As mamas têm gordura a mais? Mas até há quem pague para colocar mais gordura (via silicone porque a gordurinha boa e jeitosa ou se tem, ou não se tem).

"Ah, e tal, mas estes pneus são tão inestéticos... "- exclamam chorosas algumas meninas. Esperem lá...mas desde quando é que um ser humano tem rodas?

 As meninas que aparecem na foto acima têm uma gorduritas a mais. Algumas não têm a barriga plana. Algumas têm bastante gordura nas mamas. Pergunto: deixam de ser bonitas? Deixam de ser sensuais?
 
Mas que é isso de sensualidade?
 
Alguém escreveu que o que faz uma mulher ser sensual é o facto dela ser ÚNICA.
 
Mais a mais, uma pessoa quando acaricia outra gosta de sentir uma pela sedosa, não um monte de ossos.

Sem entrar nos extremos de "gordura é formosura" (quando nos deparámos, por exemplo, com alguém de 1.60 m e com peso superior a 80 Kg, porque entrámos no capítulo da saúde), chegou a hora de quem tem peso a mais se deixar de culpabilizar.

O menino não gosta? Paciência. Que vá dar uma volta que a fila é grande...
 
 
E que fique tonto quando veja um beijo negado!!!
 
 

7 comentários:

Same Old Guy disse...

Sempre me fez menos confusão nas mulheres as "gordurinhas a mais" do que a "magreza em exagero"!

Eu nunca fui magro e duvido que o venha a ser algum dia. Creio que devemos ter em atenção a nossa saúde, mas nunca deixar de nos alimentar-mos em prol de "efeitos estéticos".

As pessoas muitas vezes abusam de si mesmas, com a desculpa de agradar aos outros, só porque não se conseguem ver ao espelho.

Nunca fui muito fã de dietas e se já perdi peso foi com exercício físico e muito. Mas dietas não é comigo.

Beijo (gordo, como a mim!)

AFRODITE disse...


Hoje, por coincidência, estive a alinhavar um post em que a beldade que vai lá estar é bem cheiinha... mas é um vulcão em sensualidade!
E canta... ui ui!!

A sensualidade não se pesa na balança, não está directamente relacionado com a idade, não tem nada a ver com cor cor de olhos, cabelo, pele...
Tem a ver com a aura de uma mulher, postura, inteligência... um mix de aspectos que... sim... a tornam única!

Já escrevi em tempos sobre isso AQUI.

Ah... e o principal é sentirmos-nos bem no nosso corpo... e não descurarmos obviamente do principal: a saúde!


Beijos bem pesados
(^^)

Nikita disse...

A sensualidade de uma mulher nada tem a ver com o kg que pesa ou com a circunferência da cintura.
Sensualidade é atitude. A 100%. É a voz, a forma de olhar, o andar, é atitude positiva, é ser simples, e deixar que o resto aconteça naturalmente...
Cada mulher é única, e o facto de gostarmos de nós como somos e nos amarmos com defeitos e qualidades, é o mais importante.

Quantas vezes não é num dia em que nos sentimos profundamente felizes, que nos dizem mais vezes que estamos bonitas? E nesse dia nem fizemos nada de diferente!
O interior reflecte-se e muito no exterior.
Eu não sou magra, tenho 1,63m e 59kg, como hás-de imaginar, não tenho corpo de modelo, mas nunca senti que perdesse alguma coisa por isso, nem nada que se pareça!
Beleza é uma questão de amor-próprio, de atitude, de estarmos bem por dentro, com os outros, e com tudo à volta!

Beijo grande NI
Bom fim-de-semana

Suricate disse...

Uiiiiii este tema faz correr muita tinta....
Se passeares lá por casa vais perceber que é um tema que me diz muito. Enquanto criança obesa que cresceu condicionada por essa etiqueta...hoje em dia a pessoa que eu vejo ao espelho...não é a mesma que os outros vêem...pelo meio ficam todas as minhas inseguranças e duvidas que nunca desapareceram.

Sim concordo contigo, todas as posições extremas são erradas e sim, apesar de tudo o que te contei....a magreza extrema arrepia-me a alma....então se a vejo em miúdas novinhas...fico angustiada.

Suricate disse...

Esqueci-me dos beijinhos:
Jinhooooosss NI daqueles que se aceitam a si mesmos melhor que ontem, menos bem que amanhã:)

O Blog da S. disse...

Penso que cada um deve sentir-se bem como está, é o mais importante.
Bjs.

cantinho disse...


Sempre fui magra, por natureza, mas admiro mulheres bem nutridas (expressão que uso), género de mulheres anos 50...
Envio este link, de uma jovem fantástica que exprime os mesmos sentimentos e opiniões sobre deste seu tema. Cada tema que esta blogger escreve é uma delícia e destaco este link, que vem ao encontro do seu post.
Beijinho


http://www.ccstylebook.com/2014/01/entre-mulheres.html



Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso