terça-feira, 3 de maio de 2011

A crise...





A crise é sofrida por cada um de nós, na nossa intimidade, e sem grande alarido e/ou propaganda.

Há redução de vencimento? Há (só para alguns). Há aumento das despesas? Há. Não se pode fazer o que fazia antes? Não. Temos que poupar? O quê? Se o dinheiro mal chega para as despesas fixas.*

Confesso que já não tenho qualquer pachorra para ouvir os políticos falar na crise.

Mas o que me aborrece mesmo são os comentários destes "jornalistas especialistas". Colocam-lhes uma pergunta para a qual não têm resposta pois a informação de que dispõem é nula. E o que fazem? Põem-se a falar das expressões corporais dos oradores de forma a criticar. Porque o papel deles não é dar uma informação credível. É criticar aqueles com quem eles não concordam. Duvido que esses "jornalistas especialistas" tenham tido formação adequada para interpretar as expressões corporais.



* Para alguns, porque para outros a crise é uma óptima forma de enriquecer ainda mais

2 comentários:

ROSINHA (tilida5ever design) disse...

Uma forma de enriquecer quem já é rico*

NI disse...

Também.

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso