sexta-feira, 4 de abril de 2014

Há cada panca...

 
Imagem da net
 
 
Pancas todos nós temos, (umas mais assumidas que outras), mas se houvesse um óscar para as pancas mais esquisitas provavelmente já teria ultrapassado a Meryl Streep em número de estatuetas ganhas.
 
Como alguns de vocês já sabem tenho um problema de insónias recorrente. Nessas alturas aproveito para ler e ver televisão. Mas estes episódios não costumam durar mais do que dois ou três dias e a verdade é que a seguir durmo o chamado "sono dos justos".
 
Agora, o que já não é nada normal é passar por uns belos dois dias de insónias e na noite dedicada ao "sono dos justos" sonhar que estou a dançar esta música.  Mais grave, ainda, acordar com a firme convicção de que tenho que dançar esta música.
 
Ora, isto levanta algumas questões sensíveis:
 
1 - O meu parceiro não dança (em 27 anos de casada nunca dançamos).
 
2 - Apesar de eu ter a mesma idade que a "menina" que aparece a cantar e a dançar, qualquer semelhança em termos corporais é pura fantasia.
 
3 - Ao contrário da "menina" que coloca o "menino" num bolso apesar de ter quase mais nove anos que ele, no meu caso é o maridão que me coloca num bolso apesar de ser mais velho do que eu um ano. É que o "desgraçado" não envelhece...
 
4 - A minha identificação com esta música é, no mínimo, inquietante...
 
Fosga-se...insónia volta. Estás perdoada!!!
 
 

2 comentários:

Rui Espírito Santo disse...

eheheh ... Eu diria que, insónias por uma "coisa destas", até vale a pena ! :))))))))
Agora, concordo que é pena não se poder satisfazer a "panca" ! rsrsrs

Bj. :))
.

Same Old Guy disse...

Dorme bem... :p

Beijo (a modo que tentaste Xanax? diz que é bom!)

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso