quarta-feira, 18 de abril de 2012

Não...


Não podemos parar.

Salvo aqueles que nascem com o "cú" para o sol em que lhes basta estarem quietinhos que tudo lhes cai do céu, a maioria de nós tem que lutar.

Mesmo quando levámos daquelas "coças" que nos levam ao chão, há que levantar e caminhar...sempre.

Até pode ser um passo pequeno enquanto o corpo, (e a mente, já agora), se recompõe.

Mas não podemos parar porque a vida anda sempre apressada e não espera pelos atrasados. Mesmo naqueles dias em que mesmo um pequeno passo nos causa dor não nos podemos esquecer disto.


*

7 comentários:

Confuskos disse...

Em frente Camarada, ai vá lá tu que eu vou lá ter!!

"Peguemos em armas... e vão!" ;)

Beijinho*

A Minha Essência disse...

Não podemos andar a dormir à sombra da bananeira. Nos dias que correm? Ui, é um suicídio!

Kiss

AC disse...

Costumo dizer que navegamos num bote, há que dar aos remos sempre, sem nunca desistir mesmo que não saiamos do lugar, porque caso contrário o bote ou fica à deriva sem rumo, ou afunda-se...

beijo*

Utena disse...

Fé na vida... sorriso nos lábios e a vida continua.

Beijo grande

pedro ferreira disse...

NI, se as coisas vão mal, não é com certeza parando que elas se vão resolver ou que conseguimos criar novas oportunidades que nos levem a novos caminhos.

Um abraço

Pedro Ferreira.

só 1 mulher disse...

Pois é Ni.. há que arregaçar as mangas, se ainda as houver, erguer o rosto e seguir em frente..

1 beijinho

SuperSónica disse...

Nunca desistir!

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso