terça-feira, 10 de abril de 2012

Amor proibido...



"Quem inventou o amor esqueceu de excluir o amor proibido
da lista dos amores possíveis.
Enganamos a nós mesmos e quando percebemos
 estamos na lista dos impossíveis,
improváveis e não isentos de sofrimentos..."

Cristiane Martins Galvão


Será que é possível um amor impossível? Mas porquê impossível? Por medo de preconceitos? Por medo do desconhecido? Por medo de sairmos da nossa zona de conforto? Para não magoar terceiros? Será que a maior prova de amor é deixarmos partir quem amámos e, com isso, não vivermos o amor?

Já viveram um amor proibido/impossível?

Ou será que é impossível existir um amor impossível porque quando se trata de amor mão existem barreiras?


De acordo com o tema, a música só pode ser esta.


Nota - Agora é que o Confuskos me coloca o nome de "senhora das perguntas"

5 comentários:

Utena disse...

Amor impossível para mim é quando envolve 3º e a possibilidade de os magoar...

Beijos

S* disse...

Bom, já tive um relacionamento às escondidas durante dois anos... e foi bom, aprendi imenso, fez-me crescer.

Confuskos disse...

Estava eu a pensar: "Nem vou responder!"... mas notei o leve tom da provocação! (Que nem era evidente)

Se eu fosse aquela "pessoa Ruim" que persegue a "nossa" Pikena de Viana que fizeram duas (quase) iguais, eu diria que fizeste este post só para teres respostas "ao quilo", se fosse eu mesmo noutro dia, diria que foste preguiçosa e lançaste o tema sem desenvolveres o mesmo.

Por isso, digo que já escrevi em parte, sobre isto e podia fazer copy-paste... boa ideia, no meu caso o que tornou as coisas proibidas foi: "(...)os 12 (14) anos que nos separavam, o lugar na sociedade que ela ocupava, o facto de eu ser conhecido(...)" in http://ascartasquenaoescrevi.blogspot.pt/2012/02/mulheres-mais-velhas.html

(eh eh eh - agora fiz descaradamente publicidade ao meu blogue, mas tu estavas a pedi-las...)

Ou seja, teríamos de ir ás tuas hipóteses e escolher:
Por medo de preconceitos
Por medo de sairmos da nossa zona de conforto

Mas no meu caso foi uma paixão impossível, pelo motivo óbvio que O AMOR NÃO EXISTE!!

Beijinho senhora das perguntas*

SuperSónica disse...

Impossível é o meu nome do meio!!! Que raiva....

NI disse...

Utena, argumento forte.

S*, quando se aprende algo nem tudo se perde.

Confuskos, agora deixaste-me perplexa. Quer dizer, só porque ela era mais velha 12/14 anos tornava o amor impossível? e se fosses tu mais velho? Já era possível? Estou a ver... Quanto ao argumento de que o amor não existe agora choco eu: estou tentada a concordar contigo. Eu...uma pisciana eternamente romântica...tristeza!!! :)

Supersónica, não pode ser assim tão mau, ahahahah

Beijos a todos

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso