segunda-feira, 10 de maio de 2010

Sentimentos...




Hoje dei por mim a pensar, sim às vezes também me dá para isso, da vantagem que seria não termos sentimentos.

Ter sentimentos é complicado e proporciona quase sempre confusões.

Reparem:

Todos concordarão que os primeiros impulsos são sempre os mais verdadeiros. O que fazemos? Reprimimos os impulsos e acabamos por ter atitudes que são tudo menos aquelas que gostaríamos de ter.

Outro exemplo? Gostámos de alguém, não somos correspondidos. O que fazemos?

Depende de pessoa para pessoa mas a maioria anda encostada às paredes, feitos "calimeros", a bradar contra tudo e contra todos, questionando-se que mal fez a um ente qualquer para ter tanto azar porque até é boa pessoa. Outras existem que se fazem de fortes e tentam passar a imagem de que está tudo bem, que não estão minimamente afectadas, que a vida é para andar e não para estar sentado em qualquer paragem.

Balelas. Não ser correspondido, independentemente da atitude posterior que tomemos, doi e magoa, ok?


Mais um?
Alguém que gostámos magoa-nos. Que fazemos?

Bom, uns ripostam forte e feio numa de competição para ver "quem magoa mais quem". Outros, pelo contrário, utilizam a táctica de vítima de guerra e consequente stress pós traumático. Mas existem aqueles que do alto da sua imensa sabedoria exclamam: "a mim só magoa quem eu quero".


Sentimentos?
São bonitos, não digo que não. Sentimentos? Fazem parte da vida, eu sei.

Não nasci ontem.
Sentimentos? Fazem-nos crescer enquanto seres humanos? Eu sei. Já vendi essa teoria imensas vezes neste e noutros espaços.

Mas digam lá que não era bom sermos apenas seres racionais, despidos de sentimentos e emoções?
É que, venham com as teorias que vierem, os sentimentos magoam e fragilizam.

Então, quando estamos sós...mesmo estando nós habituados à solidão...



Nota - Há mais de dois anos escrevi este texto. Aos que já o conhecem as minhas desculpas mas é isto que quero dizer hoje...


2 comentários:

Djinn disse...

Às vezes dava vontade...mas...
Na verdade a nossa vida fica mais pobre...
E mais solitária...

E isso não queremos pois não?

Beijinho

Miguel disse...

O que é um impulso?

Não será uma vontade?

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso