sexta-feira, 1 de maio de 2009





"Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já...
Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida...
Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
Saudade é o inferno dos que perderam, é a dor dos que ficaram para trás, é o gosto de morte na boca dos que continuam...
Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade: aquela que nunca amou.
E esse é o maior dos sofrimentos: não ter por quem sentir saudades, passar pela vida e não viver.
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido."
Pablo Neruda


Hoje acordei com aquela sensação que detesto: a saudade!


Saudade que mais não é do que o nosso verdadeiro a eu a querer voltar.


Voltar às conversas sem nexo mas divertidas.


Às conversas longas mas verdadeiras.


Às conversas duras mas sentidas.




7 comentários:

Abobrinha disse...

Copy-paste do post anterior:

"por vezes "chover no molhado" é uma manifesta perda de tempo"

Claro que pode sempre regar as plantinhas. Mas pode acontecer duas coisas desagradáveis: fazer crescer as ervas daninhas mais que as flores ou fazer apodrecer as raízes das flores...

Djinn disse...

A saudade bate quando menos se espera, por vezes quando menos o desejamos...mas é natural faz parte do processo das nossas vivências e memórias, há que saber lidar com ela de forma saudável e sorrir:):)

Mimo Azul disse...

deixo-te um abraço forte :)

bjcaaaaaaa

Storyteller disse...

Desde ontem que ando às voltas com o Pablo Neruda e com as saudades...
Será que andam a pôr nostalgia na água?

NI disse...

Abobrinha, tens toda a razão.

Estou, nitidamente, a ficar esclerosada. :-)


Djinn, não gosto deste sentimento. Nunca gostei.

Mimo,obrigado.

Storyteller, ainda és muito nova rapariga.

Beijos para todas

Eu Mesma! disse...

Sabes uma coisa....
para mim sentir saudades é sinal de que estou viva.....

sinto muito vezes saudades dos amigos, saudades de casa quando estou longe, saudades do silencio quando estou acompanhada...

para mim sentr saudades significa que estou viva.... o dia em que deixar de as sentir... será mau sinal :)

Beijinhos grandes linda!

NI disse...

Eu Mesma, não digo que não tenhas razão. Mas sempre associei a saudade a perda. A ficar presa no passado. E se ainda hoje resisto é porque sempre me obriguei a avançar, mesmo quando não tinha forças.

Beijo enorme

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso