sexta-feira, 22 de maio de 2009

Finalmente vamos falar de sexo (cont.)



Conforme prometi ao VCosta, volto ao tema para dar a minha opinião.


Conforme devem estar recordados o que estava em discussão era a seguinte frase:


"Você pode amar muito uma pessoa e ir para a cama com outra"


A frase, fora do contexto em que li, poderia ter diversas interpretações e isso provou-se com os comentários díspares que foram aparecendo.


Dentro do contexto o que estava em causa era aquilo a que muitos denominam "infidelidade mental ou emocional".


Penso que, tal como a infidelidade física, é possível ser-se infiel mental ou emocionalmente.


Penso, igualmente, que pode ser uma forma de infidelidade bem mais complicada que a física porque testa a nossa capacidade, enquanto seres humanos, de saber até onde ir sem ultrapassar o limbo que separa da infidelidade física.


E, agora, aguardo os vossos comentários...




7 comentários:

VCosta disse...

Todos nós o cometemos... infelizmente!
Penso que não há ninguém que apenas pense a 100% na pessoa com quem está a ter um relacionamento!
Ou é aquela pessoa que conhecemos recentemente, ou aquele relacionamento antigo, ou até aquela paixão que nós acompanha a vida toda mas que nunca sequer passou disso mesmo!
Se formos por aí não há fidelidade neste mundo!!!
Todos nós pecamos!!! Poderá não ser por actos nem palavras mas por pensamentos e omissões!!!
E pronto... agora virei "católico activo"!!!
Bom fim-de-semana!

mjf disse...

Olá!
Eu acho que a infidelidade está na nossa mente :=)
Somos todos infiéis:=)

Beijocas

Cristina disse...

A infidelidade é complexa; somos 100% humanos e, na minha, óptica, dizer que fulano A ou B é bonito não é ser infiel.

Infidelidade é não ser capaz de se concentrar numa relação porque há uma terceira pessoa envolvida, a full-time.

NI disse...

Eis a minha opinião:

- Toda a gente, em qualquer momento da sua vida, já cometeu infidelidade emocional.

Eu Mesma! disse...

Concordo com o que dizes Ni.... qualquer pessoa num momento da sua vida ja foi infiel emocionalmente falando....

agora se passou a pratica ou nao... tudo depende do grau de envolvimento com a primeira pessoa e mesmo... tudo depende do que se quer para a propria vida ;)

LoUcUrAs_dOs_22 disse...

na minha opinião, pensamentos ñão são um acto de infidelidade, mas sim o acto! hoje em dia acredito que não existe amor eterno! mas..... veremos! pode ser que sim! :D

beijinhos e mts LoUcUrAs

sessaoexperimental disse...

infidelidades físicas...e emocionais...são comuns....muito mais
as emocionais....até é normal nos sentirmos por uma 3ª pessoa ou uma 4ª ahahahah nem vou falar do flirt isso então enchia paginas....o mundo é um lugar tramado e eu já não acredito na inocência ;)

bjocas

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso