terça-feira, 30 de novembro de 2010

Faz hoje 75 anos...

"Se depois de eu morrer,

quiserem escrever a minha biografia,

Não há nada mais simples.

Tem só duas datas

- a da minha nascença e a da minha morte.

Entre uma e outra todos os dias são meus."



Faz hoje 75 anos que desapareceu Fernando Pessoa.

Felizmente deixou-nos uma obra...


Não se acostume com o que não o faz feliz,
 revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Fernando Pessoa
 

4 comentários:

Sadeek disse...

Eu nem gosto de poesia mas este é um cromo dificil de não se achar alguma piada... ;)

NI disse...

Olha que ele não se limitou à poesia.

Por exemplo, o livro do desassossego (que continua a dar discussões interessantes dado que o seu autor é Bernardo Soares, um dos heterônimos de Pessoa) resulta de um conjunto de textos avulsos de Fernando Pessoa. Tem textos magnifícos.

Rui da Bica disse...

Procure seus caminhos ...
... mas não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
.

NI disse...

Rui, confesso que prefiro evitar do que pedir desculpa. Mas bem pior é errar, não assumir o erro e ainda ficar com aquele ar de quem "é muito importante" :)

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso