terça-feira, 14 de abril de 2009

A maior desilusão foi?





Vocês já sabem que quando ando com um humor que não cativa nada nem ninguém, me dá para fazer perguntas tolas.

Mas, considerando que este ano tem sido o ano das desilusões para mim, pergunto:

Qual foi a maior desilusão que tiveram até hoje?

Façam de conta que este blogue é um confessionário colectivo.

Só que aqui não há penitências...quer dizer, descontando os os desabafos que escrevo.

30 comentários:

Espelho meu disse...

Curiosamente o post que escrevi ontem intitula-se "desilusão é ponto de retorno" porque parece que não consigo sair de lá...

Ainda agora acabei de sair de mais uma ilusão, mas a maior durou 3 anos graças ao meu ex-namorado...

Por várias razões (que não o adultério!) não pude revelar durante todo esse tempo o nosso namoro, e no dia que finalmente o poderia fazer, ele acabou comigo...Disse-me que precisava de estar sozinho e que não queria ninguém.

Pouco tempo depois já estava envolvido com uma rapariga que curiosamente eu desconfiava que gostava dele além da amizade, mas fui obrigada a ouvir o "não, não, não, és maluca, ela é minha amiga"...Instinto feminino, não é?!

Hoje em dia namora oficialmente com ela...

O gostar passou mas irá sempre doer...

Pronto, confessei-me! LOL :D

Beijinhos*

NI disse...

Minha querida, era bom que a desilusão amorosa se resolvesse com uma simples confissão.

Infelizmente, tal não acontece.

Mas quando temos a capacidade de falar sobre aquilo que nos magoou, tal significa que temos a capacidade de ultrapassar a desilusão.

É mais do que aquilo que eu, para já, consigo.

Beijo enorme

VCosta disse...

Desilusão?! Não sei...
1. Primeiro amor nunca correspondido... conta?!
2. Nova paixão, desta vez correspondida, mas que pouco tempo durou e acabou enexplicalmente!!!
3. Grande amor que acabou em monotomia, existia amor mas não quimica para continuar... foi complicado sim, mas creio que não uma desilusão... doeu, chorou-se, sofreu-se, hoje ambos estamos comprometidos e , digamos, felizes!!!

Tudo faz parte do nosso crescimento!!!

Espelho meu disse...

É verdade...Hoje consigo falar nisso, mas foi dos processos mais difíceis que enfrentei porque durante 5 meses arrastei-me numa séria depressão...

Embora seja considerado cliché, é verdade quando dizem que se dá o "click", e eu tive-o a dada altura e olhei para trás e vi que a pessoa que tinha deixado no passado não era o meu ex namorado, e sim uma outra Cátia...

Graças a esse tempo estou diferente e com mais força que nunca. Continuo obviamente a desiludir-me e a acreditar em quem não devo, mas já "não levo desaforo para casa" como era meu costume fazer! :)

O teu click chegará... ;)

Sei que o período de espera é penoso, mas ele chega na altura certa...irás perceber e voltar a sorrir com outro vigor! :)

NI disse...

VCosta, estou a ver que já tiveste a tua quota parte. O importante é que neste momento te sintas feliz.

:-)

NI disse...

Espelho meu, tive inúmeras desilusões amorosas talvez porque quando era nova apaixonava-se facilmente.

Neste momento a desilusão que sofri não é de índole amorosa propriamente dita.

Mas o amor reveste diversas formas.

:-)

Beijo

Espelho meu disse...

Nem mais...o amor reveste-se de diversas formas e máscaras...

A última desilusão que tive também não foi de índole amorosa como referiste, mas sobre essa falei no teu anterior post "e hoje fala-se disto"...

Seja qual for o motivo, é sempre desilusão quando vem de alguém que gostamos muito ou que temos em elevada consideração...

Beijinhos*

Espelho meu disse...

E hoje já me confessei para "caraças" sra. vigária! LOLOL :D

NI disse...

Eu depois digo-te quanto é o dízimo, ahahahahahah

Espelho meu disse...

Sê meiguinha...pleaseeeee...! eheheheh :D

VCosta disse...

Hoje em dia á pacífico...
Já nada me surpreende!!!
Outras desilusões, já me desiludi muito vezes com o meu irmão, mas acabei por perdoar-lhe e hoje dou-me rezoavelmente bem... mas sempre de olho nos passos/conversas dele!
Ele para além de ser mais velho e não fazer nada em condições na vida dele ainda me gozava, foi até acabar em pancadaria da grossa!!!
Quase um ano de "relações cortadas" resfriou o temperamento dele!!!
Há tanta desilusão na vida que a malta já nem deve dar valor a muitas delas!!! É seguir em frente, com ou sem amizade e amores recentes/antigos!!!

"Bota para a frente que atrás vem gente!"

NI disse...

Espelho meu, sou a pessoa mais meiga que existe (quando me levam a bem, ahahahahah)

NI disse...

VCosta, o ser humano tem a capacidade de me surpreender todos os dias.

E, geralmente, as surpresas surgem de onde menos se espera. De um familiar chegado, de um amigo a quem confiámos nós próprios.

Há cerca de vinte anos prometi a mim própria resguardar-me de desilusões. Eu seria a minha minha melhor amiga e não abriria mão para ninguém. Não consegui...

Apesar de ser bem mais velha que tu, vejo que és bem mais sábio que eu. É que eu continuo a dar valor às desilusões!

:-)

Espelho meu disse...

Venho-te chatear só mais um bocadinho...lolol... :D

À pouco esqueci-me de dizer que tens uns quantos mimos para ir buscar ao meu cantinho, se quiseres claro! ;)

Beijinhos*

VCosta disse...

Claro que há desilusões que nos fazem bater no fundo e ninguém está imune a isso... Eu não sou sábio nem sei mais que ninguém... aprendi à minha custa e hoje posso dizer que tenho alguma capacidade de voltar ao nível de bem-estar...
Deixei de acreditar nos grandes amores, dou mais valor à amizade... logo não crio muita ilusão no relacionamento.
A minha mulher passou a ser basicamente a minha melhor amiga e é assim que melhor a defino!!!
Acho que por vezes demasiadas expectativas criam demasiadas desilusões...
Evito discussões... deixo-me estra na minha, e tento dar-me bem com toda a gente!!! Se falam nas minhas costas, se me traem... que sejam felizes... quando descobrir, serei uma pessoa mais magoada, é certo, mas com mais certeza do meu valor...
No fundo, um dos ingredientes para "venceres" uma desilusão é teres uma grande auto-estima e consciência tranquila!!!

VCosta disse...

Eu sem dúvida, sou o meu melhor amigo!!!
Guardo muita coisa... são segredos, são segredos!!!

Cuca disse...

Infelizmente esta é fácil de responder...
Tive uma amiga que conhecia desde o 5º ano, adorava-a e, apesar de não estar de acordo com muitos pontos de vista dela, nada abalava a fé e confiança cegas que tinha nela... Passados uns 13 anos descobri que durante algum tempo esta mesma pessoa que defendia com unhas e dentes andava a inventar histórias sobre a minha vida nas minhas costas... Quase que destrui outras amizades que tinha até eu perceber o que se passava... Foi um choque, um coice no estômago... foi horrível! Foi como se de repente virassem o meu mundo do avesso e aquilo que eu tinha como Bom afinal... não o era!
Foi a maior desilusão da minha vida!
O pior: perdoei uma vez e deixei-a entrar na minha vida outra vez... 1 ano depois descobri que nada tinha mudado! Ela continuava a espalhar uma vida alternativa nas minhas costas...
Ainda hoje me custa pensar quantas pessoas terão acreditado nela!

Eu mesma! disse...

Tive até à data 3 grandes desilusões...

1. Uma pessoa de quem gostava bastante e era muito amiga e tinhamos "qualquer coisa"... desiludiu-me... mais que eu ficar chateada fiquei de tal forma desiludida que durante 2 anos nem consegui falar com ele... hoje somos novamente grandes amigos!

2. Um gajo com quem estava que amei de uma forma estupida e psicotica e que... desilusao atras de desilusao... sendo que a ultima foi atirar-se a uma amiga minha a minha frente.... considerando que passou os limites do respeito... há 2 anos que não nos vimos...

3. Da amiga.... que não foi capaz de ser honesta e sincera e que ... me mentiu descaradamente....

Mas...
tudo na vida passa e eu hoje olho para trás e sei o que aprendi e o que foi preciso eu passar para ver realmente quem as pessoas eram...

:)

sessaoexperimental disse...

pah...sinceramente...acho que nunca me desiludi...já me magoei...mas não fiquei desiludido soube sempre no que me metia....o meu problema é ser teimoso mesmo! ahhahah

bjocas ;)

Caranguejo disse...

Com apenas 26 aninhos já tive desilusões bem complicadas de digerir para não dizer que me marcarão para o resto da vida, de tal forma que nem quero lembrar…
Mas posso dizer que a minha ultima relação foi uma desilusão dar 5 anos a uma pessoa, literalmente dar 5 anos a uma pessoa para depois ser apenas algo necessário para essa pessoa em causa não ficar sozinha sem afecto, carinho, respeito….enfim

Mas mesmo assim talvez pura utopia ainda acredito no verdadeiro amor e no que ele representa na minha vida...

Beijo

ManUel disse...

vcosta... tem piada que no domingo cortei relações com o meu irmao. Simplesmente porque ele não muda e há certas coisas que não tenho de ouvir nem de viver. Eu que sou uma pessoa até bastante pacífica...

De índole amoroso... sofri uma bem grande há 4 anos atrás que deixou marcas.

Sadeek disse...

A minha maior desilusão? Foi comigo mesmo. Por ter falhado com quem não o merecia. E essas é que me custam....

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOO

VCosta disse...

Pois é Manuel... por vezes os irmãos pensam que têm o direito de dizer e fazer o que lhes apetece!

NI disse...

Como devem imaginar, e porque sou mais velha do que qualquer um de vós, já tive a minha quota de desilusões. Seria fastidioso estar a enumerar todas, porque a minha forma de estar na vida "põe-me a jeito".

As que nunca esquecerei?

- Durante 9 anos tive uma paixão assolapada pelo meu primeiro amor. Terminou no dia em que ele me disse que nunca namoraria com uma rapariga feia.

- Ter encontrado a pessoa com quem ia casar na cama com outra. Fechei a porta do quarto e...até hoje! Nunca mais o vi.

- Quando estava grávida de oito meses e vivia um período menos bom do meu casamento, ter estado uma semana internada nos cuidados intensivos do hospital e a minha cara-metade não me ter ido visitar.

- Após várias traições e enganos, ter cortado há cerca de um mês relações com uma irmã.

Actual angústia? Não saber se perdi um amigo.

Beijos

VCosta disse...

Ui NI,
tens um passado recheadinho também...
Julgo que as relações devem ser cortadas sempre que hajam motivos para tal... não vale a pensa dar-mo-nos com determinada pessoa se já não há confiança, respeito!!!
Dá-se um tempo, se curar tudo bem, se não curar... olha it's over!!!

NI disse...

VCosta, eis algo que digo muitas vezes. Ui...

:-)

Rita disse...

Como tantos, pedi perdão.
Como tantos, pedi explicação.
Como tantos, pedi obrigada.
Como tantos, pedi quase nada.
Sei que hoje, por ser hoje terei só mais um pedido.
O da força para viver todo o caminho percorrido.

Requiem disse...

Eu aqui estou com o Sadeek....as maiores desilusões são sempre comigo mesmo...

Os outros...passam ao lado mais tarde ou mais cedo...

Storyteller disse...

A minha maior desilusão também foi comigo mesma.
Das outras, nem me quero lembrar... para quê?

orkide@ disse...

NI
desilusões todos temos na vida. Umas magoam-nos mais outras menos. Resta-nos a nós saber gerir as coisas de modo a podermos ultrapassar essas mágoas e seguir em frente. É o que eu tento fazer...
A minha maior desilusão? Sei lá.... foram tantas... Resta-me viver o momento e o dia a dia e tentar ser feliz com aquilo que tenho.
Um bj

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso