terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Daqui a 30 minutos...


Martin Luther King não vai assistir a um dos seus sonhos:



9 comentários:

PAULO LONTRO disse...

Eu assisti...!

Não foi um discurso radical, e ainda bem.
Estou optimista quanto à futura política ambiental deste homem, depois de se começar a recuperar a economia (daqui a uns 2 anos) tenho a certeza que vamos ver atitudes mais ambientais.

NI disse...

Paulo, tentei seguir a emissão pela net mas só consegui visualizar poucos minutos de emissão. Conto logo à noite ouvir o discurso de Obama. Mas estou, tal como tu, optimista.

PAULO LONTRO disse...

Olha, escreve isto (nem é necessário, o texto não desaparece… lol…), este homem criou demasiada expectativa, acho que a maioria das pessoas ainda não entendeu nem a dimensão desta crise nem a incapacidade de um homem de a resolver.
Os ciclos económicos funcionam sozinhos e de forma natural.
Quando daqui a uns meses se verificar que ele, por muito que faça, não consegue resolver a crise, o desemprego disparou e muitas empresas faliram, a bolsa vai ter um grande crash lá para o inicio do 2º semestre deste ano.
Normalmente o mercado antecipa a economia real de cerca de um ano (ou talvez um pouco menos desta vez), isto quer dizer que só lá para o meio de 2010 se iniciará a recuperação real da economia ou seja, só em 2011 se verá a olho essa mesma recuperação.

Isto só sou eu a falar, ou a escrever…… claro…

De qualquer maneira espero muito deste senhor, espero que o saibam defender e proteger.

Pall Mall disse...

Mas nós sim. E é o que conta. E lembrei-me do MLK...

NI disse...

Paulo, completamente de acordo.

Pall, sem dúvida.

Beijos aos dois

Tulicreme disse...

Como isto não são só prémios, tens um Tuli Challenge :D

Francisco o Pensador disse...

Eu...sei pela experiência que adquiri ao longo dos bons anitos que já conto nos meus costados, que, quanto maior é a expectátiva, maior se tornará a desilusão.

Eu nunca acreditei em Hérois e muito menos no mundo da política. Criaram-se expectátivas demasiado exageradas em relação a este homem e a América irá pagar o preço disso.
Não quer com isso dizer que não gosto dele. Gosto. Mas estou seguro que Obama será, com o passar dos tempos, mais contestado e odiado do que o próprio Bush.

É que o pessoal esquece-se que ele só tem metade da América do lado dele. Falta a outra metade e o homem não poderá esticar muito a corda, para não correr o risco de se tornar uma história repetida do triste destino "Kennedy".

Mas isso sou eu a falar claro.

NI disse...

Pensador, eu quero continuar a acreditar no ser humano apesar de ter consciência que esta minha postura convida à desilusão.

Mas vejo Obama para lá da possibilidade da crise ser ultrapassada.

Para a minha geração, significa que é possível mudar mentalidades. Só por isso valeu a pena.

Beijo

jacker disse...

langhao95
shihou67
aoxiang57
lingyuan59
piakqiu67

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso