sábado, 3 de janeiro de 2009

A Bela e o Monstro...


Em anteriores post’s fiz referência à beleza física.

Não me vou repetir. Quem acompanha este blogue sabe qual é a minha posição.

Sabem, nomeadamente, que não acredito naquela fantasia de que a beleza vem do interior.
Fisicamente ou se é bonita ou não se é.

Ponto final.

E é quase impossível, no mundo de hoje, o ser humano perder tempo à procura da beleza interior.

Quem me conhece sabe que não me considero bonita. Contudo, e antes que comecem as críticas a esta minha convicção, a idade vai-me ajudando a lidar com os complexos que fui adquirindo desde tenra idade face a tal constatação.

Tudo isto para dizer que me vem sempre uma lágrima ao canto do olho quando me vem à memória uma série dos anos 8o: A Bela e o Monstro”.


E ainda me recordo da frase dita por Linda Hamilton: "E embora nunca possamos estar juntos, jamais estaremos separados!"


Porque faz-nos acreditar, por um instante que seja, que o impossível pode acontecer ….



13 comentários:

Cristina disse...

Querida, para mim, a beleza é qualquer coisa de efémero. Mesmo que A, B ou C sejam lindas(os), um dia, a natureza actua.

Nunca liguei e nem acho que alguma vez dê importância se sou ou não bonita. No meu ponto de vista, uma pessoa sexy/sensual tem mais vantagens do que uma bonita.

Nem todas as mulheres podem ser princesas, tal como nem todos os homens podem ser o Príncipe Encantado.

Lembro-me vagamente dessa série. Mas a protagonista tinha razão. E se não nos fosse possível sonhar... como iria ser?

Um enorme beijo!

(e que raio de início de ano é esse?! Hein?!)

NI disse...

Não está a começar bem, não...

Angelik disse...

... E quem disse que não pode?
Há impossíveis que acontecem!

Beijocas

Abobrinha disse...

NI

Levei na cabeça ao insinuar no blogue do Lança que o dinheiro era importante. Mas é o que eu faço: digo o que penso. E nem sempre sou bem interpretada.

Em relação à beleza, eu já amei sapos. Alguns eram mesmo só sapos, não principes disfarçados, conforme eu verifiquei (mas amei-os na mesma enquanto durou).

De algum modo os sapos parecem ser mais populares que as sapas: um homem que não tem uma beleza facilmente reconhecível como convencional mais depressa tem aceitação que uma mulher com essas características.

Eu mesma apresentei o Conan O'Brien como um quarentão lindo (e mantenho o que digo), apesar de ele não ter pretensões a modelo. Mas onde está o equivalente feminino? Não está!

Dito isto, a beleza é volátil, pelo que a beleza interior é a que realmente permanece com a idade. E é essa que se tem que procurar sempre, e que não se consegue com anti-rugas nem uma base que esconde mais as imperfeições da pele. Nem com roupas caras. Nem com belas mulheres/homens pelo braço.

Já agora, o actor que fazia de monstro era feiote!

E tu és linda! E muito maternal, que é uma coisa que aprecio numa mulher.

Abobrinha disse...

Não gostei desse "isto está a começar bem"! Penso eu de que estás a precisar de um café e/ou saldos!

NI disse...

Talvez Abobrinha.

Abobrinha disse...

Vá, temos que combinar isso, que não gosto de te ver assim (e queria ver uma bolsa...).

NI disse...

Ahahahahahahah.

Isto melhora....

sessaoexperimental disse...

importante importante é........xaram...estás preparada?....xaram....é a quimica pah....e isso não tem nada a ver com a fisica... :D

Abobrinha disse...

Calvin

Química? Feromonas? Portanto, sovaqueira, certo? ;)

pinxexa disse...

Bobinha, os sapos são fáceis de apertar o pescoço não?!
ehehehehehehe
beijoo
NI, és linda por dentro e por fora também não começes que eu venho para 2009 cheia de força para te dar nas orelhas!!!!!
beijo

Abobrinha disse...

Pinxexa

Apertar o pescoço não digo, mas um tiro de caçadeira faz maravilhas!

pinxexa disse...

:-D

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso