quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

O que dizem quando são os primeiros a falar?






"Depois de se fazer amor, o primeiro a falar diz uma tolice."

Henri Montherlant


Ora muito bem, será que o Henri tem razão?


Em conversa com algumas colegas sobre este tema fiquei a saber que a maioria diz: "estou com fome, vou comer qualquer coisa". Será isto uma tolice?


É o que vamos ver...



Entretanto fiquem com um tema que é dançado de uma forma espectacular por um casal que costuma passar a passagem de ano comigo.




6 comentários:

Rui da Bica disse...

Não creio que seja essa 1ªa frase, mais habitual. Se é, por mim não faz sentido que seja a 1ª.
Habitualmente, creio que as primeiras frases encerrem muito mais de romântico e com maior prazer de ouvir pelo parceiro/a.

Depois da situação de simplesmente virar para o outro lado e adormecer sem dizer nada, essa não será muito mais feliz.
.

Miguel disse...

Há uma serie de estudos sobre os indicativos da satisfação sexual que apontam para duas situações que acontecem com frequência quando se atinge essa satisfação: uma é ter fome, ou vontade de comer; outra é ficar com sono.

Esses estudos apontavam razões lógicas para estas duas situações que, parece-me, saltam à vista e nem precisam ser muito explicadas.


É claro que uma vez atingida a satisfação no acto sexual, as reações não se resumem a estas duas situações.

Mas não deixa de ser curioso que, entre os dois, tenham falado em ambas!

Eu, acontece-me mais vezes ter vontade de comer. E, muitas vezes, a vontade não se satisfaz só com dentadas...

VCosta disse...

"Tás bem?!"

Sadeek disse...

Por este blogue poder ser lido por menores vou-me abster de comentar o que costumo dizer......AHAHAH

BEIJOOOOOOOO

só uma mulher disse...

Fartei-me de rir com o teu post... antes de adormecer, habitualmente quero petiscar

;)

Missanguita disse...

Uhm.... e que tal... "Mais uma?" ;)

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso