segunda-feira, 26 de julho de 2010




"Pode-se prescindir de tudo. Desde que não se deva"
R. Gervaso


Esta manhã, numa das pausas de café, falava-se de crise, insolvências, dívidas..., enfim, só temas fantásticas para uma segunda-feira.


Todos foram unânimes em considerar que gastavam mais do que deviam. A frase mais ouvida foi: "chapa ganha, chapa gasta".


Confrontados com o que seriam capazes de prescindir para que no final do mês sobrasse algum dinheiro, todos se calaram.


- TVCabo? Arriscou um.


- Nem pensar - resposta pronta de outro -. Como é que eu via o futebol? E a net? Ficava sem net? Estás doido?


- Telemóvel? - Avança outro.


- Mas eu não consigo viver sem o telemóvel - queixou-se outro -.


Não sei como é que a conversa acabou. Mas fiquei com a sensação que todos eles preferem ficar a dever dinheiro do que terem que prescindir de alguma coisa.


O desafio está lançado. Imaginem que precisam de colocar de lado parte do vosso vencimento. Vão prescindir do quê?





8 comentários:

najla disse...

Prescindia da net, da t.v. cabo, de comprar sapatos e roupa, de jantar/petiscar fora aos fins-de-semana, da depilação a laser....claro que ficaria com imensa falta...mas dever nunca!

Eu Mesma! disse...

fácil... :)
Ginásio!

Miguel disse...

Comer certas coisas... e jantar/petiscar fora!
Era aqui que teria de poupar.
E nas coisas que dou para as crianças para além do que já pago à mãe...

São os unicos luxos que dão para prescindir com alguma facilidade!

TV Cabo não tenho, telemovel é o unico telefone que tenho... depilação não faço...

:)

JP disse...

Ni,
Posso prescindir de tudo menos da alimentação, saúde e trabalho. :-)
Provei-o há poucos anos em Angola... sem água potável (era da cisterna), sem electricidade e telefone fixo na maior parte do tempo (praticamente sem tv, pc e telemóvel), népia de água quente (de manhã fazia frio), roupa adquirida nas feiras, por vezes nem transportes tínhamos... tudo o que imaginares. Foi fácil a adaptação e cheio de saudades.
Quando regressei parecia um bicho do mato mas já lá vai... agora sinto-me um sortudo. :-)
Beijinhos, muitos

Nota: o post não tem título.

NI disse...

najla e Eu Mesma, ainda dizem que as mulheres colocam a beleza e o corpo à frente de tudo. :)

Miguel, depilação a laser? Gosto da diferença entre homens e mulheres, ahahahahah

JP, já passei por uma situação semelhante mas em Portugal. as únicas diferenças residiam no facto de ter electricidade e ter um poço onde ia buscar água. :) Felizmente tive uns pais que mesmo em abundância me ensinaram a viver com pouco.

Beijos a todos

Sadeek disse...

Bem...não fujo ao que a maioria aqui diz. Basicamente cortava-me no telemóvel (e isso seria uma espécie de benção) e na tv cabo. Assim de repente não me recorda de mais alguma coisa...

só 1 mulher disse...

Ni,

Atendendo a que já faço cortes... ainda me resta a tv cabo (que existe pela pipoka)... qq dia vai-se

1 beijinho

NI disse...

Sadeek, por mim o telemóvel já era.

Apenas serve para as minhas filhas me ligarem a pedir para carregar o telemóvel, ahahahahah

só uma mulher, está complicado manter um conjunto de coisas a que estámos habituados. Mas quando tem que ser...

Beijos

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso