quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Pensamento da semana




Eu não preciso de ti.

Tu não precisas de mim.
Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...
Ambos precisaremos, um do outro.
A gente só conhece bem as coisas que cativou.
Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!
Antoine de Saint-Exupéry

Antoine, sabes que até gosto de ti. És de leitura obrigatória. Muitos de nós até utilizam frases tuas . Muitos, inclusive, dizem a mesma coisa que tu, mas por palavras próprias.

Mas, com a mesma honestidade intelectual que dediquei a ler o principezinho, deixa-me dizer-te que são tudo balelas. As palavras ditas e escritas são apenas para consumo imediato esperando que fiquem algures esquecidas na memória.


4 comentários:

Missanguita disse...

Quem me dera ter o meu próprio planeta...

PAULO LONTRO disse...

Há palavras que nunca ficam esquecidas, a não ser que o queiras!

Eu Mesma! disse...

Nao concordo...
existem palavras que nunca ficam esquecidas na memoria....

Existem 4 coisas que não se recuperam...
A pedra... Depois de atirada,
A palavra... Depois de dita,
A ocasião... Depois de perdida,
E o tempo... Depois de passado....

NI disse...

Missanguita, cria um. É o que eu faço...todos os dias :)

Paulo e Eu Mesma, o que pretendi dizer é que há pessoas que falam e escrevem coisas que, de facto, não sentem. Esperando que a pessoa a quem as palavras se dirigem se esqueça das mesmas.

Beijos

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso