segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O que é mais desgastante?



É ponto assente que em matéria de emoções somos diferentes. Podemos ter ideias comuns, gostos similares e até pensamentos em sintonia. Mas quando toca a gerir as nossas emoções, aí mostramos toda a nossa individualidade.

Vem isto a propósito de uma curta conversa que mantive na minha pausa para fumar.

Tenho um colega no estaminé onde trabalho de quem gosto particularmente.

Porquê? Porque tem tanto de altura como de meiguice. É dos homens mais altos que conheço e dono de um dos sorrisos mais doces que já vi.

Hoje, depois de me dizer a medo que eu estava mais magra, afirmou: "está com cara de quem queria estar em qualquer lado menos aqui".

Eu ri-me e respondi que não.

Na verdade, e isso não disse, estou a ficar cansada do sorriso que implantei na cara. É que é muito cansativo mostrarmos aquilo que não sentimos. Para mim é desgastante.

Não quero com isto dizer que ande triste. Apenas estou a começar a digerir e a enfrentar tudo o que me aconteceu nos últimos meses.

Mas, já agora, o que para vocês é mais desgastante? (Já estou a imaginar o Sadeek a dizer que para ele é fazer orçamentos).



11 comentários:

Chocolate disse...

Ola!!

è isso mesmo que para mim é desgastante é fingir que sou Forte para todos e no fundo estou a desfazer-me... mas não quero pena de ninguem e todos tem os seus prob e vida para continuar.

Tb a minha tem de continuar tem de ser...
Mas o que me aconteceu tb me está aqui a moer ainda assim faço me forte e sorridente para todos...

Tinha fechado o blogue para reflectir mas a verdade é que aqui sou eu e não preciso de fingir que sou forte, vocês dão-me a mão na minha tristeza.

Agradeço-vos muito por isso, e por todo o apoio e palavras que mesmo de longe~me dão tanta força!

NI disse...

Onde assino?

:)

Eu Mesma! disse...

Concordo...
fingir é o mais desgastante para mim....

VCosta disse...

Desgastante... é ter que vir trabalhar todos os dias!!!

najla disse...

Para mim o mais desgastante é trabalhar sobre pressão (não pressão do trabalho, mas do ambiente), sob medo, ou seja, num péssimo ambiente de trabalho! Isso a mim desgasta-me.
Não me desgasta sorrir para as aparencias....faz parte do meu trabalho. Depois quando saio do gabinete, posso ser eu. Reponho as forças. Apesar de detestar esta faceta (a de fingir, simular, disfarçar) e de por vezes cansar, mas esta é essencial e uso-a mais vezes ainda como defesa! Sabes aquele post da imagem da vaca? Pois é isso! Quando te veêm mais em baixo é quando te "saltam" para cima....

Um beijo

NI disse...

VCosta, como gosto de trabalhar...

najla, já trabalhei num ambiente assim e, confesso, não foi desgastante. O melhor que tenho em mim veio ao de cima. E consegui ganhar.

Agora, fazer de bobo da corte todos os dias quando se chora por dentro? É terrível...

Beijo

Missanguita disse...

fingir é mesmo desgastante.
Mas por vezes viver as emoções também...

NI disse...

Missanguita, tens razão :)

Sadeek disse...

O problema querida, nem são os orçamentos. O problema é ter como chefe e patronato umas bestas cujos avós nunca haviam de ter nascido...e "levar com eles" todos os santos dias sim....é deveras desgastante...

BEIJOOOOOOOOOS

NI disse...

Ou avós que tivessem fechado as pernas na hora de eles nascerem, ahahahahahah

Beijo

Sadeek disse...

ou isso ou isso...HAHAHAHA

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso