domingo, 5 de abril de 2009

Não sei como começar..mas, acima de tudo, não sei como continuar...




Nos últimos tempos tenho sofrido desilusões que me apanharam totalmente desprevenida, consequência óbvia de ter deixado cair as barreiras que habilmente fui construindo ao longo dos anos.


As desilusões não me preocupam porque basta-me reforçar as barreiras.


O que me preocupa é que o meu estado de espírito se reflecte nas coisas que escrevo.


Ora, os meus amigos não têm que estar a aturar o meu pessimismo e a minha melancolia.


Sinceramente, não sei o que vou fazer...



11 comentários:

Abobrinha disse...

Ni

Os amigos aturam o pessimismo como aturam o optimismo. Não estão lá só para rir, mas também para limpar as lágrimas quando é preciso.

Se o que te apetece é escrever melancolias, escreve. Nós "aturamos" e tentamos puxar o estado de espírito para onde ele deve estar: para cima. Falo por mim, pelo menos.

Mas recomendo (como já o tinha feito há muito) que tires o preto de cor de fundo do blogue. Deprime! E recomendo que comeces a escrever coisas mais optimistas. Só para tu mesma te sentires melhor, não para disfarçares algo que te é verdadeiramente penoso.

Eu mesma! disse...

Ni...
eu costumo dizer e acredito realmente que os amigos não são para as noitadas para as saidas e para os risos...

os amigos são aqueles que estão ao nosso lado quando tudo desaba, quando tudo é cinzento e quando tudo mas tudo parece estar e ser muito mau....

por isso....
nós estamos cá não só para ouvir e sentir coisas bonitas e boas.. estamos cá sempre para o bom e para o mau :)

Beijinhos grandes!

PAULO LONTRO disse...

Os teus amigos são crescidinhos e se não te quiserem aturar deixam de abrir o teu canto (provavelmente esses não são os amigos, mas nem vou por aí).
Estes espaços reflectem o nosso momento e claramente que o diagnostico tu já o fizeste, baixaste as barreiras (palavras da NI), não venhas dizer que o que te preocupa é que isso se note, claro que se nota tal como se nota que dizes que a terapia é reforçar as barreiras. Muito bem, pois se é assim faz isso e o problema fica resolvido. Mas, faz isso por ti não pelos que te querem bem.
Um amigo, no meu conceito, não faz julgamentos de valor, o amigo aparece, dá a mão e segue o caminho escolhido sem o questionar.

Espelho meu disse...

Sou apenas uma novata no teu canto, mas se volto é porque gosto de ler os teus "humores", e penso que posso falar por muitos mais... :)

Se tiveres de chorar, chora, e quando tiveres de rir, ri com toda a vontade...estaremos cá para partilhar tudo isso!

O que é o mundo da blogosfera senão uma gigante terapia de grupo? LOL :D

Um beijo apertado*

Caranguejo disse...

Ni,
Eu sou novato pelo teu espaço e espero não estar a parecer intrometido mas…..
Para mim amizade não são aqueles que vão convosco para os copos e que nas alegrias estão lá mas mal acontece algo menos bom desaparecem….Os bons e verdadeiros amigos são aqueles que nessa situação nos dão a mão sem juízos de qualquer espécie e mesmo que nos digam o que não queremos ouvir se é o caminho certo temos de segui-lo.
Os bons amigos não são aqueles que depois de desabafarem eles connosco desaparecem sem sequer perguntar como estamos….Amigos de verdade são aqueles que te vão buscar onde quer que estejas, te dão um beijo ou um abraço apenas porque sim, te ouvem, e choram contigo, que te dão tudo sem querer receber nada em troca e ouvem te quer estejas lamechas ou não….

Como dizia Confúcio:
“Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.”

Um Beijo e pensamento positivo….

Requiem disse...

OH gaja...então mas não é para isso que os amigos servem? :)

Djinn disse...

Sabes eu não quero mas sinto-me cada vez mais fechada...compreendo-te muito bem...

Sadeek disse...

É desabafares. E saberes que vais ter sempre alguém que te vai ouvir e apoiar no que for preciso. Acho que isto, pelo menos para um ínicio, não é mau, pois não? ;)

BEIJOOOOOOO ENORRRRRRRME

NI disse...

Obrigado a todos.

Sabem que concordo com tudo o que disseram mas não tem sido fácil.

Beijos

sessaoexperimental disse...

gajas..... ;) costumo uma pessoa so se desilude se viver...se estivermos sempre numa redoma de vidro andamos mais protegidos...certo..mas tb deixamos passar muita coisa boa ;)

e tu desabafa mulher desabafa e manda umas bocas...que é assim que gosto de te ver ;)

bjinho :)

(In)Questionável disse...

Levanta a cabeça. Enquanto olhares para baixo, não verás mais do que 3 metros de diâmetro para além dos teus pés. Com a vista levantada, terás outra perspectiva das coisas.

Levanta a cabeça Ni e deixa que os olhos façam o resto.

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso