segunda-feira, 13 de abril de 2009

Esquecer...





Alguém escreveu:


"Não existe o esquecimento total.

As pegadas impressas na alma são indestrutíveis..."



Todos nós, em determinadas alturas da nossa vida, tentamos esquecer algo ou alguém.


Não vou perguntar se o conseguiram.


Pergunto: como tentaram esquecer?

8 comentários:

Eu mesma! disse...

Não tentando....
deixando o tempo passar e a vida à nossa volta recomeçar a fazer sentido...

e apenas te posso dizer que...
irá existir um dia ..um dia como qualquer outro, em que nada de especial ira acontecer mas que... de um momento para o outro esse alguém deixa de se importante no momento...

e não é que a pessoa deixe de ter importancia que teve no passado ... apenas existe um momento em que o passado deixa de ser importante no presente....

quando?
não te sei dizer....
nem tu sabes quando...
apenas sabes que um dia... irá de ser importante....

Beijos grandes

Eu mesma! disse...

e posso-te dizer que...
esse dia irá existir....

umas vezes mais depressa outras mais devagar mas... baby steps my dear....

Storyteller disse...

Eu mesma!,
és uma génia! Adoro-te! É que é isso mesmo!!!

Espelho meu disse...

Subscrevo as meninas... :)

De facto só o tempo faz esquecer, e mesmo assim, volta e meia as coisas voltam, mas numa intensidade longínqua, com sabor a quase nada...

Também estou a sair de uma dessas agora...estou contigo "sister"! LOL :D

Beijinho*

ManUel disse...

acho que pela primeira vez me encontro de acordo com a Eu Mesma! :P eheheh

VCosta disse...

O tempo cura, mas nunca se esquece o que é ou foi importante!!!
Isso é uma verdade absoluta...

Hoje cá estamos vivos... mas acabamos sempre por lembrarmo-nos de determinados momentos da vida...

Eu costumo dizer, "quem ama nunca esquece..."!

Sadeek disse...

Eu acho que é um processo natural Ni. O tempo encarrega-se disso, acho...

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

orkide@ disse...

Simplesmente Há coisas que não esquecemos. Com o passar do tempo, deixam de nos magoar...

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso