quarta-feira, 1 de abril de 2009

Desafio...




Quem me acompanha sabe que a música é o meu refúgio.



E, consoante o meu estado de espírito, ouço todos os géneros musicais.



O desafio que lanço é este:



Escolham uma música romântica (só podia ser) que gostariam de dançar agarradinha(o)s à vossa cara-metade.



Eu depois passarei aqui os temas.
Já agora, só para que conste: nunca dancei com a minha cara-metade.






18 comentários:

Eu mesma! disse...

Ora bem....
a musica que escolheste hoje traz imensas recordações....

Musica romantica?
gosto de imensas é um facto mas...

aqui fica esta proposta!
Foolish Games da Jewel.....

e Perdidamente do João Gil....

Jinhos

PAULO LONTRO disse...

Katie Melua - Nine Million Bicycles

There are nine million bicycles in Beijing
That's a fact,
It's a thing we can't deny
Like the fact that I will love you till I die.

We are twelve billion light years from the edge,
That's a guess,
No-one can ever say it's true
But I know that I will always be with you.

I'm warmed by the fire of your love everyday
So don't call me a liar,
Just believe everything that I say

There are six BILLION people in the world
More or less
and it makes me feel quite small
But you're the one I love the most of all

We're high on the wire
With the world in our sight
And I'll never tire,
Of the love that you give me every night

There are nine million bicycles in Beijing
That's a Fact,
it's a thing we can't deny
Like the fact that I will love you till I die

And there are nine million bicycles in Beijing
And you know that I will love you till I die!

Storyteller disse...

Eu é mesmo o Heaven, do Bryan Adams...

Storyteller disse...

E não, nunca dancei com o Escorpião que tive na minha vida...

Espelho meu disse...

Queria dançar a música que o meu "alvo" me dedicou no dia em que nos conhecemos...o belíssimo "I hope that i don´t fall in love with you" do grande Tom Waits...

O título é tão sugestivo que eu já "caí"...mas ainda não sei se ele sabe...! :)

Beijinhos*

Sadeek disse...

Tem de ser mesmo dançar?

Ok....que seja então o "Amor de Loca Juventud" dos Buena Vista Social Club....

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS

NI disse...

Eu mesma, esta música? Nem te digo nem te conto as recordações que tenho dele :-)

Paulo, seja feita a tua vontade...

Storyteller, ainda podes vir a ter hipótese :-)

Sadeek, querias o quê? Ou melhor, música para fazeres o quê? Olha que também dá, ahahahahahah

Beijo a todas

Eu mesma! disse...

Boas??????

espero que sim.....

NI disse...

Eu mesma, muito boas....

:-)

Abobrinha disse...

Sex, George Michael

"I swear I won't tease you
Won't tell you no lies
I don't need no bible
Just look in my eyes
I've waited so long baby
Now that we're friends
Every man's got his patience
And here's where my ends

I want your sex
I want you
I want your.....sex"


Parece-me uma excelente escolha, pá!

Storyteller disse...

Abobrinha, é para dançares sozinha para o Joaquim? É que eu não estou a ver como é que duas pessoas podem dançar (literalmente dançar e não entregarem-se à trungalhunguice) ao ritmo de Sex do GM...

Storyteller disse...

Obrigada, Ni.
Também eu tenho esperança de, um dia, vir ainda a dançar o «Heaven» com o Escorpião da minha vida.

pinxexa disse...

Time to say goodbye - Sara Brigthman....
(cheira-me que a vou dançar na proxima semana)

:-(

Sadeek disse...

Dá......de facto dá......mas para isso gosto do romantismo dum "so What" dos metallica ou um muito carinho "sleep now in the fire" dos Rage Against The Machine...AHHAHAHA

Abobrinha disse...

Storyteller

Love moves in misterious ways... and so do I...

Não sei se ententeste, mas é mais pela mensagem que pelo ritmo em si. Alterativamente temos o "Kiss" do Prince!

Gugui disse...

Sempre adorei esta...

Chris Isaak - Wicked Game

Djinn disse...

E eu sempre gostei muito de

Bonnie Tyler - Straight from the heart

Cristina disse...

Uma que já tive a hipótese de dançar... Ella Fitzgerald e Louis Armstrong: Cheek to cheek

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso