sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Há sempre uma primeira vez...



E hoje, pela primeira vez, vou-me recusar a fazer um processo.

Pensavam que ia ser a "lorpa" de sempre.

Trabalho desde os meus 16 anos. Gosto de trabalhar e nunca me recusei a ficar a trabalhar até tarde. Perdi sábados, domingos, feriados e muitas, muitas horas em que podia estar com a minha família.

Nos últimos cinco anos foram muitos os dias em que chegava às 8 da manhã e saía às 2/3 horas da manhã. Nunca ganhei mais um tostão por isso. No final, quando chegou a hora de premiar...bom, o prémio foi para outro.

Agora queriam que eu fizesse mais um processo disciplinar sabendo que tal só seria possível se eu trabalhasse mais horas do que aquelas que trabalho.

Querem que eu trabalhe mais do que os outros? Ganhando menos que os outros? Não faltava mais nada.

Estou cansada de trabalhar e não ver o meu trabalho reconhecido.






6 comentários:

Bloguótico disse...

Por vezes, há que impor limites a certos "abusos"... É assim mesmo! :p

Confuskos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Pestinha disse...

Como eu te compreendo amiga... Eu também finalmente fui reconhecido passados uns anos pela dedicação á empresa! Veio tarde mas apareceu...

Kiss**

S* disse...

Isso mesmo, tens de te impor.

Miguel disse...

A história da minha vida...

Eu Mesma! disse...

Ni...
acho que fizeste mesmo muito bem... os abusos sinceramente e na minha opinião... quem tem culpa somos nós...

os chefes atiram o barro à parede... quem fica é quem tem a culpa...

eu já me deixei disso... e já deixaram de tentar ter o que não podem :)

o que custa é o primeiro não :)

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso