terça-feira, 31 de março de 2009

Já tinhas idade para não acreditar na fada dentinho....


Na pausa para fumar falou-se de desejos.

Não os desejos carnais (esses são temas habituais entre a classe dos fumadores veteranos da minha empresa), mas daqueles simples desejos que formulamos em épocas especiais.

Vocês ainda se recordam do que desejaram ao bater das doze badaladas?

Eu pedi dois desejos.

Não, não foi o euromilhões. Mas, agora que penso nisso, ainda bem que não pedi pois pode ser que se concretize.

É que em apenas três meses consegui que os dois desejos formulados se esfumassem... O que eu pedi?

Que ao longo de 2009 conseguisse manter os meus poucos mas bons amigos e a família unida.

Acho que para o ano me vou contentar a beber um bom champanhe.

4 comentários:

Abobrinha disse...

Pois eu ando a treinar não ter expectativas. Com vários graus de êxito...

Storyteller disse...

Eu já não tenho expectativas algumas. Não sei se é bom ou se é simplesmente triste...

Eu mesma! disse...

Eu pedi um unico desejo 12 vezes...

quer dizer... umas 5 vezes porque depois disso entre champanhe, passas, cadeiras e diabo a quatro.... já me ria mais do que pensava!

espero que o desejo se realise....

NI disse...

Abobrinha, a partir de hoje vou adoptar o mesmo critério.

Storyteller, na minha opinião é triste.

Eu mesma, pois, se eu soubesse que 3 meses depois ia passar o que estou a passar tinha apanhado uma valente enfrascadela de Moet Chandon bruto (sim, que para mim não é qualquer champagne que serve)

:-)

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso