segunda-feira, 18 de junho de 2012

Da espera....




"Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter conosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver".


in Diário da tua Ausência, Margarida Rebelo Pinto




Se estavam à espera que eu falasse da selecção (ou não gostasse eu de futebol), desenganem-se.

 
Não vou falar.

 
Se estavam à espera que eu falasse do excesso de trabalho que me impede de comentar nos vossos blogues (mas que faço questão de ler todos os dias) e que contribui para que o meu vá ganhando teias de aranha, podem esperar sentados.


Hoje não me apetece.


Se estavam à espera que eu falasse de afectos e afins, daqui não levam nada (porque continuo sem conseguir o que se passa na cabeça de algumas pessoas).

 
E, tudo indica, vai demorar.


 
Se estavam à espera de ler qualquer coisa de astrologia, é melhor colocarem os pés bem assentes no chão. É que da forma como os astros andam, os astrólogos iluminados não conseguem chegar a um consenso.


Conselho: Mais vale ler a previsão que vos eleve a moral.


Se estavam à espera que a minha inspiração regressasse, fiquem a saber que eu também estava à espera...
 
 
 
E isto é tão verdade que até fui procurar inspiração a um post de 2010.
 
 
Ou, então, é tal e qual como diz a Cecília Meireles:
 
 
 "Tenho fases, como a lua.
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua".
 
 
Fiquem com o tema que estou a ouvir neste momento...enquanto trabalho.
 
 
 

6 comentários:

AC disse...

Todos temos fases como a lua, só nossas, que os outros têm que respeitar. Para quem diz que anda sem inspiração, este é um excelente post!

Eu Mesma! disse...

Bom dia :)

GATA disse...

"Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa." - isso aplica-se a todas as pessoas, desde a família aos amigos, não somente ao marido/namorado/companheiro (whatever!) "E se ela não vem ter conosco, nós esperamos." - isso é que era bom!!! it goes both ways, my dear! se ela não vem é porque não quer; e, hoje, não era da tecnologia, não há desculpas... "ai e tal, não tenho saldo no telemóvel..." Pois!

Mery disse...

Um relato real de como estás te sentindo; eu gosto "desses desabafos"¨¨
"Fases... todas temos; às vezes sonhamos e nos isolamos ficamos ocultas por um determinado tempo; às vezes esperando por algo ou alguém que nós gostamos muito, sempre esperamos *alguém nessa vida, um dia vem...
bjinhos
já gosto daqui, pois sinto que me identifiquei .
Mery*

desejo disse...

Desta forma pouco inspirada escreveu um post sui generis.


:)

Petra disse...

Há que respeitar essas tuas fases querida. Grande beijo

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso