terça-feira, 26 de junho de 2012

Bursite?



Que eu tenho a mania de apanhar umas doenças esquisitas já sabia (pelo menos em termos de nome).

Que estava surda de um ouvido (e caminho a passos largos para que o outro fique igual), também já sabia. Nome da dita cuja: otosclerose.

Agora, pelos vistos, tenho uma bursite. Fosga-se...

Mas devo dizer que não acho piada nenhuma.

Em primeiro lugar porque dói e não é pouco.

Em segundo lugar porque é no ombro direito o que significa que o meu "braço principal" está fora de serviço.

Em terceiro lugar porque me vai obrigar a perder uma hora por dia em fisioterapia e tempo é o que me falta esta semana.

Em quarto lugar porque no sábado tenho que apresentar o Festival de Folclore e estou a ver que vou ter que ir com o braço "empancado".

Raios partam a P.I.

4 comentários:

GATA disse...

Eu tenho uma bursite (e outras coisas lindas!) no ombro direito. Desde 2009 que sou 'cliente' de uma clínica de fisioterapia, fazendo tratamentos duas vezes por ano - não faço para curar, porque não tem cura, mas para retardar os problemas inerentes à minha condição, que são a perda do uso do braço...

CONFIRMO, as dores são muitas!

As melhoras!

Utena disse...

Possa minha querida que melhores rapidamente

Beijinho

Orquídea Selvagem disse...

As melhoras e que possas ir controlando o mau estar da dor que, nestes casos, é mesmo incapacitante.
Estou a ver que aquele problema que te apareceu na altura da semana dos preparativos para a grande festa arrastaram-se e vieram para ficar!
Corre com as maleitas! Tens de arranjar tempo para os tratamentos, custe o que custar!

Beijinhos e muita força!

Petra disse...

As melhoras querida, e se precisares de uma massagista profissional... aqui estou heheh.

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso