segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

O mistério das crianças desaparecidas...ou de como algumas nasceram como árvores







Mais precisamente 111 mil, (que raio de número), crianças que "desapareceram" do nosso País.

No tempo da ditadura, (para lá caminhámos), muitas famílias tinham filhos para os colocar a trabalhar nos campos, nas fábricas ou, (se fossem do sexo feminino),  nas casas das "famílias de bem" como empregadas internas.

Digamos que para muitas famílias ter filhos correspondia a uma fábrica de procriação com o intuito de dar lucro.

Os tempos mudam, as pessoas evoluem...

E depois temos os "xiquinhos-espertos" que não fazem mais nada que não seja o de inventar como lixar o Estado (entenda-se, os restantes concidadãos).

E não é que descobriram que podiam ter lucro sem qualquer despesa e, ainda por cima, sem procriar? Pelos vistos foi um ver se te avias para conseguir obter  190 euros por ano. E só precisavam de "inventar" um filho.

Outros, com menos imaginação, decidiram "duplicar" os filhos. Estilo holograma, estão a ver?

Até estou a imaginar o diálogo entre o um casal:

"- Oh Maria, o que achas de nos divorciarmos? Eh, pá, enquanto solteiros pagamos menos impostos. Continuamos a morar juntos, claro, e quando formos preencher o IRS tu dizes que os nossos filhos moram contigo e eu digo que moram comigo. Num instantinho sacámos ambos 380 euros. É melhor do que termos uma conta poupança".

Segundo o «Jornal de Negócios» desapareceram 111 mil «filhos» dos registos do Fisco de um ano para o outro, e tudo graças à obrigatoriedade de se apresentar o número de contribuinte dos menores quando da apresentação do IRS " ...precisamente porque existiam suspeitas de que havia famílias a declarar filhos inexistentes..."

Agora pergunto: E isto fica assim? Não vão cruzar os dados com as declarações dos anos anteriores e castigar forte e feio os "xicos-espertos"?


5 comentários:

Petra disse...

provavelmente não vão castigar ninguém, porque dá trabalho.....

S* disse...

Mas que falta de tudo...

A Minha Essência disse...

:S Oh céus! Isto anda tudo doido! Tudo se deve ao facto da porcaria do dinheiro dominar o mundo, o homem! Nada mais do que isto. Ao ponto dos valores de cada um irem pelo ralo. :S

Kiss

agridoce disse...

Com a sede de coimas que para aí anda, é bem provável que se vá averiguar... Ai as despesas de saúde com tanta fralda lá metida...

NI disse...

A todas,

Segundo as últimas informações, as finanças irão exigir aos contribuintes a devolução das verbas ilegalmente recebidas.

Sinceramente, espero bem que sim.

Beijos a todas

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso