sábado, 20 de setembro de 2008

Um homem tem medo que uma mulher o ame?



Conforme devem estar recordados, no último inquérito queríamos saber se a distância ajuda a esquecer ou, pelo contrário, faz aumentar a saudade.


Para 62% dos participantes a "distância apenas faz aumentar a saudade".


A maioria decidiu, está decidido.



Chegou a altura de lançar outro inquérito.


Bertolt Brecht escreveu: "Um homem tem sempre medo de uma mulher que o ame muito".


Será assim mesmo? Mas, medo porquê? Vamos lá votar. Se alguém souber porquê também pode comentar.



Nota - Escolhi para acompanhar este post um tema de Yanni que, para mim, representa de forma sublime a paixão entre duas pessoas.





Yanni - Reflections Of Passion.wma -

17 comentários:

mtheman disse...

homem que é homem não tem medo de nada eehehee

em último caso compra-se uma cãozinho e resolve-se o assunto :P

NI disse...

Mtheman, estou a ver que Praga não te tirou o sentido de humor. Ainda bem, eheheheheh.

Mas olha que não. Em matéria de emoções o homem é bem mais "medroso" que a mulher. Ah, e já agora, os homens têm outro medo: médicos. Tenta convencer um hmem a ir ao médico fazer um exame qualquer. Pois.... estamos conversados.

:-)

Cristina disse...

Sim, têm medo. Não sei se da mulher que amam ou daquilo que ela possa representar.

Lança em África disse...

Um Homem não!

"Desculpem lá qualquer coisinha"... :)

NI disse...

Desculpa Lança mas não concordo.

Um Homem também tem, e acrescento eu ainda bem, os seus medos. Se assim não fosse não seria um ser humano completo.

Djinn disse...

Estou de acordo com mtheman, no entanto todos temos as nossas falhas e alguns homens tem uma imensa incapacidade de amar, ou de pelo menos demonstrar que amam.
Essa incapacidade pode matar uma relação à nascença.
No entanto dependendo da paciência e do carácter e do amor da outra pessoa para tentar ultrapassar essa barreira e conseguir chegar ao coração de quem se ama.
Mas tudo tem um limite...e no final tudo pode acabar.Numa relação não haver um que ama e o outro que se deixa amar...isso jamais.

Tinta Permanente disse...

"uma mulher que o ame muito"
O que é amar muito? Obsessão? Dependência? Razão de viver?
O que acontece se o homem desistir dela? Ela endoidece ou pior ?
O medo dele é esse, acho... é a irracionalidade.

Lança em África disse...

Concordo “Tinta”! :)

Amar muito?!

Acho que os homens são mais práticos, ou se ama ou não se ama!

Depois há a definição de amor, que para a maior parte dos homens pode passar por uma bom par de qualquer coisa... :p

Continuo a achar que um Homem tem, é medo de não amar, isso sim!

NI disse...

Tinta e Lança,

Já por diversas vezes se falou aqui do que é o amor.

Na altura levei "coça" porque manifestei sérias dúvidas quanto à existência desse sentimento da forma como é idealizado.

Não acredito no amor para sempre. Pelo menos a vida tem-me demonstrado isso.

Gostava de acreditar, admito.

Eu interpreto a frase de Brecht de forma mais abrangente, isto é, entendo que os homens têm maior dificuldade em exprimir os seus sentimentos porque estão "proibidos de demonstrar medo". E sentimentos como a amizade, o amor, a paixão acarretam sempre o medo da possibilidade da perda.

AllenGirll disse...

O homem tem medo porque é fraco, não consegue aguentar o desafio de ser amado e de estar à altura de amar da mesma forma, com a mesma intensidade.
No entanto, acho que se aplica ao ser humano em geral e não propriamente aos homens. Hoje em dia as mulheres também são fracas.
Beijinho*
Gostei dos temas do blog*

NI disse...

Allengirll, bem vinda a este cantinho.

Sou capaz de concordar com essa nova perspectiva que deixaste.

O medo da perda, o medo de voltar a sofrer pode condicionar o ser humano. Seja ele homem ou mulher.

Beijos

O pensador disse...

Eu cá já concordo mais com a perspectiva da Cristina.
Não é medo da mulher, é medo do que ela poderá representar para ele.
O amor faz aumentar a nossa responsabilidade, a nossa dependência , a nossa fragilidade emocional...e é natural que haja quem tenha medo disso.

Allengirl, não concordo que um homem possa ser fraco por não conseguir aguentar o desafio de retribuir o amor com a mesma força, forma e intensidade....pelo simples facto de que não existe neste planeta qualquer meio de conseguir medir/avaliar a forma ou intensidade de um amor.
Quem é que consegue saber se está a amar com mais ou menos força do que o(a) companheiro(a)?

As vezes um simples sentimento de amizade pode ter mais força do que um sentimento de amor, tudo irá sempre depender das perspectivas...

Abs

NI disse...

Pensador, se não me engano, é a primeira vez que nesta matéria estou de acordo contigo.
Algum dia tinha que ser.

:-)

Anónimo disse...

E qual seria o interesse em medir quem ama mais e ama menos numa relação? Para mim mais importante é a entrega total, sem reservas, sem medo de perdas, de censuras, do que quer que seja.Este medo de nos entregarmos e nos magoarmos é comum a homens e mulheres, mas não será esse "medo" a chave do sucesso?
pinxexa

Anónimo disse...

E qual seria o interesse em medir quem ama mais e ama menos numa relação? Para mim mais importante é a entrega total, sem reservas, sem medo de perdas, de censuras, do que quer que seja.Este medo de nos entregarmos e nos magoarmos é comum a homens e mulheres, mas não será esse "medo" a chave do sucesso?
pinxexa

O pensador disse...

Mais ou menos, o importante é que a gente se dê por inteiro e sem reservas a quem amámos.

:-)

Anónimo disse...

Acredito que os homens possuem um certo medo de se relacionarem com uma mulher. E quanto mais o tempo passa, mais o homem fica medroso.

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso