quinta-feira, 24 de abril de 2008

Para reflectir


O que nos outros chamamos de pecado, para nós é experiência
Ralph Waldo Emerson



2 comentários:

O pensador disse...

E com isso o Ralph quis dizer exactamente o quê?

Bjs

NI disse...

Umas das interpretações pode ser que somos tentados a criticar os outros e a esquecermos a auto-crítica.

Mas uma interpretação literal seria dar como como exemplo aquele que critica quem fuma e é tentado a fumar e quando chamado a atenção para o facto de sempre ter criticado quem fumasse ele responde que foi só para experimentar.

No fundo, penso que Ralph Waldo criticava a incoerência das pessoas, aquela forma de estar na vida que é muito bem descrita na frase "Não olhes para o que faço, faz o que te digo".

Bjs

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso