quinta-feira, 14 de março de 2013

O que não perdoo?


Imagem da net



" Perdoar é lindo, mas como eu não me importo com beleza não perdoo mesmo"
Desconhecido
 
 
 
 
Não serei tão radical. Há atitudes e palavras que não relevo e/ou perdoo.
 
Mas há algo que não consigo perdoar: deslealdade.
 
Mesmo que esta minha intransigência não abone muito a meu favor não consigo perdoar. Para mim a relação está inquinada para sempre porque perco a confiança na pessoa.
 
 Os "traidores" não merecem que eu perca tempo a encontrar justificações para os seus actos. Mas lamento que não provem do seu próprio veneno porque talvez crescessem enquanto seres humanos.
 
E se a deslealdade parte de quem gostámos e é preparada pelas costas? É o "descasca o pessegueiro". Para além de não perdoar, não esqueço.
 
Já me perguntaram se não gostaria de  mudar esta característica da minha personalidade. Pensei bastante antes de responder e disse que não. Terei outras características que fazem menorizar este meu defeito.
 
E a música pode ser esta.
 
 
 
 
 

2 comentários:

A Minha Essência disse...

Revi-me bastante nas tuas palavras. Porque sou assim. Porque não perdoo e não esqueço o que me fazem. Principalmente quando são pessoas tão próximas a nós. Questionei-me e questiono-me muitas vezes sobre a minha postura, sobre o meu radicalismo, pois sou 8 ou 80. Questiono-me às tantas se sou eu que estou mal, vê lá. No entanto, posso ter muitas incertezas, mas no meio dessas todas tenho uma, bem vincada, posso dormir de consciência tranquila. Não que isso vá sossegar os meus fantasmas, mas ameniza um pouco.

Engraçado que, noto, as pessoas que estão à minha volta, as que fazem trinta por uma linha aos outros que eles acham-se os donos do mundo. Acham-se que tem toda e qualquer legitimidade em fazer isto e aquilo. Acham que têm razão para tais actos. Acham sempre que os outros é que estão mal e nunca eles. Enfim, deturpações doentias, é o concluo no final de uma análise detalhada. Sim, sou assim perfeccionista. Quer dizer, até assim o sou.

:)

O Mesmo Gajo disse...

Nem mais, minha cara!!

Bjo*

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso