terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Cama, precisa-se...



Sexta-feira - Festa de aniversário da filha de um casal amigo, no final de um dia extenuante.

Sábado - Almoço de Natal da empresa. Quando já estava a preparar-me para tomar uma bela banhoca eis que um amigo da minha cara-metade nos convida para ir a casa dele jantar. Entrada em casa pela madrugada.

Domingo - Arrumar a casa .

Segunda - Preparar a matéria para a formação de três dias que vou ter que dar na empresa, enquanto tento esquecer que foi num dia 07 de Dezembro que perdi a minha avó e o meu pai.

Terça-feira - Ir ao outlet de Vila do Conde para ver se compro qualquer coisa para mim. Saio de lá com alguns sacos mas nenhum leva a "qualquer coisa para mim". A intenção de aproveitar a tarde e a noite para continuar a preparar a formação fica mesmo só pela intenção. Nova chamada e novo convite para ir almoçar.

Chegados aqui:

1. Tenho o meu escritório numa autêntica confusão com o amontoar das prendas que ainda tenho que embrulhar;

2. A vontade de preparar a formação é nula;

3. Estou de novo constipada e só queria estar deitada a ver televisão e a fazer "sornice".

4. Com o raio dos almoços e das jantaradas o meu esbelto corpo já está com 1 Kg a mais.


E ainda só vamos no dia 8...



6 comentários:

Chocolate disse...

Ora aí está a parte menos boa do Natal, tudo o resto é fenomenal!!!

Abobrinha disse...

Em relação às compras... depois conversamos!

Eu Mesma! disse...

boa tentativa frustada de descanso miuda...

Missanguita disse...

Ponto positivo: não fica muito tempo para pensar....

Rui da Bica disse...

Ni.
No post abaixo diz:
"Há sempre alguém (que está) pior que nós..."

Servirá de consolo ?... (aqui não se trata de gordura ou peso) mas é uma grande verdade!
... e felizmente, neste caso, não se trata de doenças o que seria bem pior.
Haja saúde e alegria, que vem aí o Natal !
.

Mimo Azul disse...

ehhhh para o ano que vem descansas =D!!!

Esse convívio com os amigos , a ida as compras fazem bem à alma!!!

beijocaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso