terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Arrependimento...




Hoje perguntaram-me se não me arrependia de ter sido amiga de uma pessoa.

Perdoem-me a franqueza, considero a questão completamente descabida.

Em primeiro lugar porque não fui amiga. Sou. A amizade não termina só porque uma pessoa se afasta. Os sentimentos, quando verdadeiros, não se apagam com a passagem do tempo e/ou com a distância.

Em segundo lugar, a questão do arrependimento: posso, eventualmente, arrepender-me de algo que fiz, de palavras inconsequentes que proferi, de actos que deixei de fazer e deveria ter feito. Mas arrepender-me de ter sido amiga de alguém?

NUNCA!!!

É verdade que hoje não estaria a sentir falta dessa pessoa. Mas, não é menos verdade, que teria perdido a oportunidade de viver momentos inesquecíveis.


7 comentários:

Eu Mesma! disse...

apenas uma questão...
e tens que responder porque?????

se a pergunta é descabida... não tens que te dar ao trabalho de responder...

Djinn disse...

Pois é minha amiga...concordo contigo:)

NI disse...

Eu Mesma, porque a pessoa que me colocou a questão merecia uma resposta :)

Djinn, eu sei. E, também sei, apesar da distância e do tempo que estejamos sem falar uma com a outra, a amizade mantém-se :)

Bjs às duas

JP disse...

Não estou de acordo... se duas pessoas se deixarem de falar durante anos, por muito amigas que sejam, há sempre algo que se perde... nada será como antes. No mínimo será diferente.
E varia conforme as idades...

NI disse...

JP, espero que estejas enganado :)

JP disse...

Mas é claro que estou enganado. :)
Beijinhos

NI disse...

:)

Beijinhos

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso