quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Medo ou covardia?




Medo - Sentimento de inquietação, de apreensão em face de um perigo real ou imaginário / Apreensão; receio; temor; sobressalto.

Covardia - Falta de coragem; pusilanimidade; não lutou por covardia.

Fonte: Dicionário Encilopédico Koogan Larousse


Já tive medo muitas vezes.
Medo de não ter correspondido às expectativas de quem gosta de mim.
Medo de ter magoado alguém de quem gosto.
Medo que algo de mal aconteça a quem gosto.

Já fui covarde. Muitas vezes.
Quando deixei de lutar pelos meus sonhos.
Quando não lutei por algo ou alguém de que(m) gostava.

Mahatma Gandhi afirmou:


O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não.


O medo pode ser útil no sentido de não corrermos riscos desnecessários para atingirmos um fim e/ou objectivo. Mas a covardia impede-nos, muitas vezes, de sermos felizes.


E vocês? Já tiveram medo? Já deixaram ir alguém que amavam ou abandonaram um sonho por covardia?


Está aberto o confessionário...

17 comentários:

Missanguita disse...

Medo sim...
Covardia... é possível... não será consciente.
Está na minha natureza lutar por tudo o que me é querido.
Independentemente do risco... e das consequências...

Eu Mesma! disse...

Eu confesso que tenho muitas vezes medo...

não de situações reais... mas do imaginario....

NI disse...

Missanguita, confesso que sou muito covarde.

Quando sei que vou ser rejeitada dou, imediatamente um passo atrás. :)

Eu Mesma, e nunca foste covarde?

Bjs

VCosta disse...

Medo e covardia, estão de certa forma juntos!
Todos nós já os sentimos!
Poderão revelar uma certa experiência de vida, em certos casos até...

NI disse...

VCosta, podem andar lado a lado. Mas não é a mesma coisa.

VCosta disse...

Poderás adjectivar da maneira que mais te convenha as situações em que dás um passo atrás ou desistes de uma situação.
Poderá ser covardia, ou apenas receio/medo de te magoares...

NI disse...

Para ti, deixares partir alguém de quem gostas é medo ou covardia?

VCosta disse...

À primeira vista é covardia, mas o medo de uma rejeição poderá bloquear-te também...

VCosta disse...

Eu gosto de ter tudo em pratos limpos quanto a relações, mas já houve alturas em que nunca avancei com medo!!!

NI disse...

Boa resposta. Mas não enfrentar o medo da rejeição é covardia, ahahahahahah

VCosta disse...

Lá está se tens medo és covarde, se és covarde tens medo!!!
Os olhos da sociedade ou os teus mesmos é que julgam e te colam os rótulos!!!

NI disse...

É um ciclo vicioso...

VCosta disse...

Por falar em vicioso, vou carburar um Português Suave!!! E tomar uuma cafezada...
Hoje foram precisas duas gruas para me levantar!!!

NI disse...

Vou fazer o mesmo. Mas não precisei de duas gruas porque sou uma gaja muito elegante, ahahahahah

VCosta disse...

Uma grua para o corpo que teimava ficar na horizontal e uam grua para a mente que se queixava do sono!
Mas depois já cantava e tudo...
O que custa é levantar!!!

ianita disse...

Não se é corajoso sem medo.

Eu sou muito medrosa. Tenho medo de praticamente tudo, embora quase ninguém acredite. Basicamente porque fiz uma escolha há uns 15 anos (lembro-me bem desse momento...)... uma vez que não consigo ignorar os meus medos, nem acabar com eles, escolhi viver apesar deles.

NI disse...

VCosta, a mim o que me custa é deitar, ahahahahah

ianita, é-se corajoso quando enfrentámos os nossos medos. Mas estou a ver que tens medo, mas não covardia...

:)

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso