quarta-feira, 14 de outubro de 2009

É só para dizer...




Que estou noutra noitada.

Começa a ser frustrante ter o trabalho concluído e vir um espertinho solicitar alterações de última hora.

Resultado? Bom, uma maratona de reuniões que terminou há cerca de uma hora e a reformulação de todo o trabalho.

Se acabar à hora de ontem já me dou por satisfeita.

Confesso, estou absolutamente estourada...


Adenda às 00.11 horas - Sei que ontem tinha prometido responder a todos vós. Mas, na verdade, o trabalho vai demorar mais tempo do que contava. Como o prazo de entrega do mesmo termina às 10.00 horas pode ser que tenha um momento livre para dar um salto aos vossos blogues e responder aos vossos comentários. Até lá, descansem e sejam felizes...





9 comentários:

Cristina disse...

Como compreendo, minha querida. Nem sequer te "exijo" uma resposta a este meu comentário, porque... não vale a pena.

Apesar de recolher ao lar, consideravelmente, mais cedo, sinto-me como se um TIR me tivesse atropelado. Ando demasiado cansada até para conseguir virar uma página de um livro.

Não sei se contigo se passa o mesmo, mas quanto mais cansada estou, pior consigo dormir. São voltas e mais voltas. Acordo esgotada. E as notícias dos últimos dias também não me deixaram muito satisfeita, como já pudeste aferir. Enfim... estou a contar os dias que faltam para ter uma semana de descanso.

Um enorme beijooooooooooooo

Chocolate disse...

Boa Noitada!!!

Tb ando por aqui!!!

Storyteller disse...

Ai! Isto agora é todas as noites?
Tenho de voltar a mandar-te para casa?
Bad bad Mary!

Missanguita disse...

E hoje também há pesca? ;)

Eu Mesma! disse...

Ni...
eu sei que não te vou dizer nada de novo mas... andas a trabalhar demaiss.....

tens que abrandar....

VCosta disse...

"Vai mas é trabalhar!!!!" hahaha

Sadeek disse...

Acho que o pessoal não se importa, ó jeitosa, que em vez de perderes tempo connosco...que descanses!

Beijoooooooooooooooos

Abobrinha disse...

... eu não vou dizer nada...

NI disse...

Respondendo a todos:

Nos últimos tempos tenho-me dedicado, em exclusivo, ao trabalho.

Apesar de ser uma forma de deixar de pensar no que não devo, a verdade é que gosto do que faço e trabalho com prazer.

Trabalho desde os meus dezasseis anos e a minha postura foi sempre a mesma: tentar fazer as coisas o melhor que sei e, acima de tudo, com prazer.


E, finalmente, o trabalho para mim funciona melhor que qualquer anti-depressivo. Pelo menos em 44 anos de existência nunca tive que recorrer a esses comprimidos milagrosos das actuais doenças do 5º piso.

:)

Beijos a todos

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso