terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O que a vida me ensinou...


Imagem da net


Que no amor nem tudo é possível.
 
Porque nos afectos, o impossível não é uma questão de tempo.
 
Que as circunstâncias da vida muitas vezes nos obrigam a deixar partir quem amámos.
 
Porque os afectos o ter não é verbo.
 
Que "o impossível pode acontecer" é o "Santo Graal" que todos querem ver, mas poucos ousam enfrentar.
 
Mas queremos acreditar que vamos alcançar. E percorremos a estrada da vida confiantes que o impossível vai acontecer. É isso que nos faz andar, muitos vezes sem rumo, perdidos na imensidão do deserto tendo apenas a esperança como guia.
 
Nos anos 80 passava na televisão uma série que grangeou fãs um pouco por todo o mundo. Chamava-se "A Bela e o Monstro" e tinha como protagonista Linda Hamilton.
 
Dessa série retive no baú das memórias a frase que sintetiza a ânsia do impossível poder acontecer:

 
 "E embora nunca possamos estar juntos,
jamais estaremos separados!"
 
 
Ai, Ni...tudo isto para colocares um dos teus temas favoritos... (pela centésima vez)...


 

2 comentários:

aNaMartins disse...

Eu do pouquinho que vivi, também acredito que o impossível pode acontecer, ou melhor... nada é impossível. temos de acreditar em alguma coisa para andarmos para a frente! amanhã será sempre melhor!

Malena disse...

Tenhamos sempre alguns sonhos e o amor possível!

Abraço-te hoje, em especial. pelo aniversário da tua menina!

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso