sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Porque o amor não distingue o sexo...


 
Porque sou contra a hipocrisia que admite um homossexual de adoptar mas não um casal de homossexuais.
 
Porque sou contra uma lei que preferia ver crianças em orfanatos do que numa família (seja ela de uma ou duas pessoas, seja ela de duas pessoas de sexo igual ou diferente, seja ela budista, muçulmana ou cristã, seja ela rica ou pobre...) que lhe dê carinho, a mime, que a conforte, que seja o seu porto de abrigo.
 
Hoje estou feliz. Não por mim, mas por elas. As crianças...
 
 

1 comentário:

Jessy Silva disse...

Como eu te compreendo :))

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso