quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

"Fisco pensou em sortear casas e carros pelos contribuintes..."



"Azevedo Pereira revelou hoje que o Fisco equacionou realizar sorteios de casas e automóveis para motivar os contribuintes a pedir facturas...Seriam sorteados três automóveis por semana e uma casa a cada três meses..." e "... A medida tinha como objectivo combater a evasão fiscal...mais de 61 mil contribuintes já submeterem facturas no portal da Autoridade Tributária e Aduaneira ...Através das informações enviadas pelos contribuintes, continuou o responsável, foi possível detectar 241 operadores em situação irregular." (ler notícia aqui)
 
Era capaz de ser mais aliciante do que conseguir obter os 250 euros de benefício fiscal por andarmos a fazer o papel de inspectores tributários.
 
Mas aqui que ninguém nos ouve, o Governo até lucracria muito mais. É que, pelos vistos, com a atribuição de tal benefício fiscal (?), o Estado vai "perder" cerca de 80 milhões de euros. Ora se oferecessem casas e carros imaginem os muitos 80 milhões que o Estado ia "mamar" à conta de IMI e IC. Isto, se entretanto, não inventarem outros impostos...
 
 
 

Desafio: Afinal quantos são?


 
Que são muitos, sei eu.
 
Mas a quantidade exacta...ainda não consegui chegar a uma conclusão.
 
Se conseguirem dar um número exacto fico agradecida.



Imagem da net
 
 
Mas que esta cadela é mais fértil que uma galinha parideira, lá isso é.
 
 
 

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Passatempo "Dia dos Namorados 2013" - Frase n.º 10



A frase n.º 10 é da
 
 



 
Se ganhar, iremos ouvir este tema, na voz de uma das cantoras que mais aprecio: Sarah McLachlan.

 



"Trabalho sexual é trabalho!"

Imagem da net
 

Deste artigo de opinião de Jorge Fiel publicado no Jornal de Notícias, retiro estas frases:
 
"Há no nosso país uma indústria do sexo, que envolve cerca de 60 mil pessoas (mais ou menos tantos quantos os profissionais de saúde), cujos diferentes setores - que vão desde a prostituição até à rede de 150 sex shops, passando pelos/as strippers, atores e atrizes de filmes porno, trabalhadores de linhas eróticas, etc. - vivem na penumbra, entre uma legalidade disfarçada e uma clandestinidade consentida.
Que atire a primeira pedra quem nunca usufruiu de um produto desta indústria. E, por favor, na hora de meterem a mão na consciência, não esqueçam as loucas festas de despedida de solteiro, que nunca um livro vendeu tanto em tão pouco tempo como "As 50 sombras de Grey" (rotulado de porno para mamãs) e que as estatísticas juram que um em cada dois homens e uma em cada cinco mulheres veem regularmente pornografia.
Numa altura em que quase toda a gente espreita uma oportunidade para fugir aos impostos e condena o crescimento da economia paralela, convinha deixarmos de ser hipócritas e aplaudir a luta dos/as prestadores de serviços sexuais que reivindicam a legalização da sua atividade e querem ser reconhecidos como trabalhadores como outros quaisquer, que pagam IRS e descontam para a Segurança Social, para em contrapartida terem direito a férias, subsídio de desemprego e reforma. Trabalho sexual é trabalho!"
 
Na verdade, não consigo encontrar argumentos consistentes que coloquem em causa o que é defendido pelo Jorge Fiel. E não consigo por duas ordens de razão:
 
- Não é com falsos moralismos que se escamoteia uma realidade: a indústria de sexo existe e sempre existirá (ou não fosse designada como a "mais velha profissão do mundo").

- E já que existe, e terminar com ela é uma verdadeira utopia, então será uma forma, não só de diminuir a economia paralela mas, e talvez mais importante, de proteger as "profissionais" daqueles que ganham milhares à custa delas, de combater a prostituição na adolescência, de evitar a propagação de doenças e de diminuir o tráfego humano.

 

Porque hoje tenho que dizer isto...


Imagem da net



(Mesmo que tenha que recorrer a um post que já tem alguns anitos)



“ PARA VENCER NÃO PRECISA DE SER O MELHOR OU O MAIS BRILHANTE,
SÓ TEM QUE FAZER AS COISAS CERTAS ”

DAVID J. LIEBERMAN

Por vezes não é fácil tomarmos decisões ou fazer escolhas. É que uma escolha pressupõe sempre uma renúncia. Temos sempre que deixar algo para trás.

É que na maioria das vezes a escolha certa não é uma boa escolha. Tenho consciência que a vida me permite neste momento fazer uma escolha certa se pretender manter um dos meus objectivos profissionais. Mas não é, seguramente, uma boa escolha porque terei que esquecer os valores em que acredito.

E, para mim, mais importante que fazer a escolha certa é fazer uma boa escolha. E só será uma boa escolha se estiver de acordo com os valores em que acredito e pelos quais sempre lutei. Para mim isto é que é ser intelectualmente honesto.

Eu acredito na amizade, na lealdade, na solidariedade, no respeito pelo próximo, no reconhecimento colectivo pelo mérito do trabalho e não qualquer outro.

A amizade, por exemplo, não tem um sentido hoje e outro amanhã. Ou há amizade, ou não há. Ponto final. Na amizade não se fazem sacrificios. Na amizade dá-se sem esperar nada em troca e sem arrependimentos.

A lealdade não é uma palavra vã. Recuso-me a quebrar a confiança que depositam em mim, independentemente das circunstâncias. Mas ela deve ser biunívoca sob pena de ela deixar de ter sentido.

A solidariedade é dizer presente quando precisam de nós.

Havendo honestidade intelectual e lealdade, respeitamos os outros porque nos estamos a respeitar. Porque todos os nossos actos são transparentes e verdadeiros.

Muitos estarão a pensar neste momento que sou uma verdadeira "velha do restelo" ou então uma romântica que acredita que  " é tudo paz e amor ". Ou, ainda, que sou uma ingénua ao idealizar um mundo utópico. Respeito tais opiniões mas sabem que mais, a única herança que vou deixar às minhas filhas são os valores nos quais acredito. Mas os valores só fazem sentido se eu actuar de acordo com os mesmos. Mais a mais, não peço que concordem com as minhas escolhas mas que as respeitem.

Pablo Neruda escreveu: "Você é livre para fazer as suas escolhas, mas é prisioneiro das suas consequências". E eu recuso-me a ser prisioneira da ideia de que vendo aquilo em que acredito e que considero importante por meia dúzia de tostões. Há quem viva bem com tal imagem. Eu não conseguiria. 


Assim, vou deixar as escolhas certas, que não as boas, para quem os valores são palavras vãs.

Até porque não conseguia ser feliz se fosse de outra forma.
 
 
E a música que estou a ouvir (nas alturas) é esta. Só podia. Afinal, estamos a falar de liberdade...
 
 
 

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Passatempo "Dia dos Namorados 2013 - Frase n.º 9


 
E aqui está algo que vai deixar a Afrodite contente. Mais uma participação masculina.
 
Não tem blogue, já participou no ano passado com aquela que, e perdoem-me os restantes que participaram no ano passado mas agora poderei dizer, era a minha frase favorita.
 
Este ano o Pedro concorre com esta frase:




Se ganhar, vamos ouvir este tema.

Já sabem, podem enviar a vossa frase até 10 de Fevereiro.

Ser a favor ou contra o "Dia dos Namorados"...




A propósito de ter lançado o passatempo “a Frase mais romântica de 2013”, recebi um mail dizendo que não participava porque não concorda que existam dias específicos para comemorar seja o que for pelo que é contra a existência do “Dia dos Namorados”.

Obviamente que tal mail me merece todo o respeito mas deu-me motivos para reflectir. É que a posição de ser contra ou a favor de algo tem muito que se diga. É-se contra ou a favor por convicção? Por moda? Porque parece bem dizer?

Não pretendo ter resposta para tal pergunta. Apenas entendo que cada um de nós deve ter argumentos para defender as suas posições. E todos serão legítimos.

Ficam aqui os meus.

Estou casada há quase 26 anos.

Já o afirmei neste espaço, nunca fomos, nem somos, um casal perfeito (nem acredito que tal exista), mas sempre fizemos questão de ultrapassar as crises. Porque ambos, ao longo da vida, tivemos que lutar por aquilo que queríamos. Porque ambos somos amigos incondicionais, cúmplices e leais. Porque vale a pena fazermos a caminhada juntos e todos os dias é mais um dia do nosso percurso.

Tudo isto para dizer o seguinte: ele não liga rigorosamente nada a datas.

Faço anos? Bom, o mais certo é ele esquecer-se e como um pouco de sorte lá se lembra antes do dia acabar e dá-me os parabéns por estar “um ano mais velha”.  Fazemos anos de casados? Bom, aqui eu costumo dizer na brincadeira que é dos tais dias que ele gosta de esquecer. Uma coisa é certa: se lhe derem a optar entre um jantar romântico ou ir trabalhar, ele é bem capaz de optar por ir trabalhar porque entende que jantares para comemorar datas importantes são pura perda de tempo.

Eu sou o oposto mas tenho feito um esforço no sentido de menorizar a sua importância para mim. É a única forma de mitigar as desilusões. Porque, tenho que confessar, fico desiludida.

Não vejo qual seja o problema de comemorar datas específicas. Sejam elas os anos de casados, o dia dos namorados, o dia do pai, o dia da mãe, o Natal…
 
Há quem argumente que comemorar datas específicas são meros momentos comerciais sem qualquer valor. Não posso concordar com tal argumento por uma simples razão: só são comerciais se as pessoas derem essa valorização. Um jantar romântico, ou um jantar para comemorar uns anos não tem que ser necessariamente num restaurante ou num qualquer outro local em que se tenha que gastar valores absurdos de dinheiro. Quem pretende “revestir ou embrulhar as datas” com “papel verde” carece, antes de mais, de imaginação.

E o argumento de que são eventos que devem ser recordados todos os dias pelo que não deve ter uma data específica, comigo não colhe por uma razão muito simples: a vida não nos deixa parar para pensar durante 364 dias do ano que somos mulheres (homens), amantes, mãe (pai), filha(o)s…  O stress diário impede-nos de lhes dar o devido valor. De parar para “sentir”. Não vou dizer que seria ideal. Mas sejamos realistas.

Portanto, qual o mal de existir um dia para parar para pensar e festejar a alegria de sermos quem somos, de ter ao lado as pessoas que amámos? De termos um espaço temporal para viver os sentimentos verdadeiramente importantes da nossa vida. De festejar a vida?

E antes que me perguntem: não, não vou comemorar o dia dos namorados.
 
Porque tenho o passatempo? é a minha forma de criar um espaço em que todos parem dois segundos que sejam e pensem na pessoa que foi, é, ou pode vir a ser, importante.
 
 

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

As palavras, a verdade, a mentira...


Imagem da net



Usamos as palavras para transmitir o que sentimos, o que queremos, o que entendemos.

Usamos as palavras com as nossas verdades mesmo quando estamos a mentir a nós próprios.

Usamos as palavras para fazer de mentiras as nossas verdades.

Mas, no fundo, a verdade e a mentira, quando usadas através das palavras podem ser, apenas, duas faces da mesma moeda. O que para nós é uma verdade irrefutável, para outro é a mentira mais absurda.

E a verdade e mentira que damos a nós próprios através dos sentimentos? Muitas vezes interpretamos as palavras dos outros segundo a verdade que gostaríamos acreditar. Por exemplo, quando pretendemos acreditar que somos verdadeiramente importantes para alguém sem nos preocupamos de ver a verdade nas palavras desse alguém.

Ou mesmo quando acreditamos ser aquilo que, de facto, não somos. Mas é a nossa verdade. Ou será que é mais uma mentira que assumimos como verdade?

Poderíamos evitar muito sofrimento se evitássemos acreditar na nossa verdade e na verdade dos outros. Mas será que crescíamos enquanto pessoas?

Como Paulo Geraldo afirmou: "

"É árdua, sem dúvida, a tarefa de nos construirmos...Quando fingimos ser o que não somos... E esse caminho não pode trazer - nem a nós nem aos outros - nada de bom. Não é autêntico. Acontece-nos por vezes que temos objectivos que exigem de nós aquilo que ainda não somos capazes de dar. Nesses momentos, devíamos compreender, simplesmente, que aquilo não é para nós; que ainda temos de crescer; que nos falta uma determinada porção de esforço e de luta"


E a música, claro está, só podia ser esta.




Ser gorda, ou magra?


 
Será uma questão de estética? Se assim for, então a estética muda de acordo com a sociedade onde estamos inseridos. E, se assim é, devia ter nascido uns anitos mais cedo...


Imagem da net
 
 
 
 

Passatempo "Dia dos Namorados 2013" - Frase n.º 8


 
Depois de uma pausa de dois dias (ainda estou a recuperar do exame de sábado), regressámos à divulgação das frases concorrentes à "Melhor frase romântica de 2013".
 
Autora do blogue "A linha recta", aNaMartins concorreu com duas frases. Esta é a segunda:



 
 
Se ganhar, a música que vamos ouvir é esta. Para mim, a mais bonita de Bon Iver.
 
Já sabem, o prazo limite para concorrer é dia 10 de Fevereiro. As regras estão na coluna do lado direito deste "cantinho".
 
Tenham uma grande semana.
 
 

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Se hoje é sexta-feira...



Devia estar aos pulos de alegria, certo?
 
Errado...
 
De manhã, terminar um relatório.
 
De tarde, aulas.
 
À noite, estudar.
 
Amanhã... exame!!!
 
Quer dizer, não sei quantos anos depois volto ao stress dos exames.
 
E nem vos digo a quantidade de bibliografia obrigatória que tenho que ler.
 
E eu que já tinha idade para passar os fins-de-semana num spa a relaxar com uma bela massagem ou, simplesmente, estar como esta menina:



Imagem da net


Não há direito. É o que vos digo...
 
 

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Passatempo "Dia dos Namorados 2013" - Frase n.º 7



Concorreu no ano passado e esteve quase a ganhar. Este ano concorre com o nome de Afrodite e tem um novo blogue: "Jardins de Afrodite".
 
A frase é esta:




Se ganhar, iremos escutar este tema dos Moody Blues e que é um dos meus preferidos.


Esta é para ti...



...Gata.

Porque tenho a certeza que vais gostar.

:)



Recebida por mail



Passatempo "Dia dos Namorados 2013" - Frase n.º 6



A aNaMartins, autora do blogue a "A Linha Recta", depois de, segundo as sua próprias palavras, "inspirar e expirar o amor...está difícil", também não deixou os seus créditos por mãos alheias e participa com duas frases.

A 1ª é esta:





Se for esta a frase vencedora iremos ouvir este tema.

Agora imaginem se "inspirar e expirar o amor" fosse fácil...


...

Imagem da net

 
Por vezes acordamos em modo "piegas".
 
 
São aqueles dias em que precisámos de um afago, de um carinho, de um gesto que nos faça sentir que alguém pensa em nós, de um sinal que nos diga que, de alguma forma, fazemos parte da vida de alguém.
 
 
Porque não é fácil sermos fortes todos os dias. Porque cansa mostrar ao mundo que somos capazes de aguentar tudo. Porque não somos apenas aqueles que ouvem e tentam ajudar.
 
 
E depois chega-se ao trabalho uma hora mais cedo como todos os dias. Liga-se o computador em modo automático. Abre-se o mail e lê-se uma mensagem de alguém que nem conhecemos pessoalmente e que nos "agasalha e aconchega". E é então que se torna impossível não deixar rolar uma pequena lágrima teimosa.
 
 
Fosga-se...


Há destes dias. E depois? Ainda somos humanos, não?


E a música de hoje é só uma das minhas preferidas mas já não a ouvia há algum tempo porque estava bem guardada num dos caixotes dos recantos da memória (onde deve estar). É esta.
 
 
 
 

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Passatempo "Dia dos Namorados" - Frase n.º 5




Autora de um dos blogues que faço questão de ler todos os dias, "Roupa Prática", a "Minha Essência apresenta-nos este ano a seguinte frase:



 
 
Se  "A Minha Essência" ganhar, a música escolhida é esta.
 
Uma coisa tenho a certeza, a escolha já começa a estar difícil e apenas temos cinco frases.
 
 

Passatempo "Dia dos Namorados 2013 " - Prémios



Não vou desvendar os prémios todos pois a surpresa também faz parte da magia.

Este ano, graças à colaboração do "Conto de Fadas", vamos oferecer um prémio aos autores das três frases mais românticas.

Um dos prémios será este:

Imagem do "Conto de Fadas"
 
 
Ainda por cima, os prémios serão entregues aos vencedores num embrulho personalizado e acompanhado de um cartão para "memória futura".
 
E eu tenho pena de estar impedida de concorrer porque não me importava nada de ficar com este anjo.
 
E reitero o desejo já aqui confessado: que juntos possamos bater o record do ano passado em que conseguimos 25 frases bem românticas. Esta noite publicarei a 5ª frase.


 

Das "cuscas profissionais" ...




Imagem da net
 
 
Fico estupefacta com o tempo que algumas pessoas dedicam a observar e a criticar os defeitos alheios e não conseguem perder um segundo a tentar analisar os seus próprios defeitos.
 
Quando era pequena, era normal ver as "velhas beatas" à janela a falar da vida alheia. Já nessa altura a minha avó dizia a uma vizinha que passava o dia à janela a criticar tudo e todos: "Fala Maria, fala. Mas enquanto falas da vida alheia o leiteiro está a entrar em tua casa pela porta das traseiras"...


terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Passatempo "Dia dos Namorados" - Frase n.º 4



Continuando a divulgar as frases candidatas à "Melhor frase romântica 2013", segue-se a 2ª frase da Sílvia Nunes do blogue "O meu jeito simples de viver".

E é tão romântica como a primeira:




Se a Sílvia ganhar com esta frase, a música escolhida é, por acaso, uma das minhas preferidas da Senhora Whitney Houston e, curiosamente, das menos conhecidas.: "I look to you" (e sempre que ouço esta voz penso para comigo como é possível desperdiçar a vida).
 
Amanhã darei a conhecer a frase n.º 5 que é da autoria de uma "menina" que faço questão de ler todos os dias: "A Minha Essência".
 
Entretanto, continuem a enviar as vossas frases...
 

O que a vida me ensinou...


Imagem da net


"Nessa estrada não nos cabe
Conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe
Bem ao certo onde vai dar
(...)
Vamos todos
Numa linda passarela
De uma aquarela
Que um dia enfim
Descolorirá..."
Vinicios e Toquinho
 
 
Mas nesta estrada da vida muita coisa nos pode separar da pessoa que amamos.
 
E, quantas vezes, a razão não nos deixa apaixonar por aquele(a) que o coração já escolheu. Ou será que se deve dizer antes, a razão não nos deixa ficar com aquele(a) que o coração escolheu?
 
Na verdade, não temos grande liberdade para escolher aquele(a) que amamos. Apenas temos liberdade para escolher um caminho diferente do dele(a).
 
Mesmo que teimemos em não abandonar aquela réstea de esperança de que ao longo da passarela da vida, e quando a aquarela estiver quase a descolorir, ambos os caminhos se cruzem de novo. Mesmo sabendo que o infinito é impossível de alcançar.
 
A música? Fiquem com uma das preferidas porque nunca devemos chorar por aquilo que fizemos mas por aquilo que poderiamos ter feito e deixamos de o fazer. Porque, se assim não for, ficaremos sempre com a eterna dúvida: "what if..."?
 
 
 Nota - E enquanto acabava de escrever estas linhas recebo um telefonema do meu chefe. Ele pertence àquele grupo que nunca deixou de acreditar. Hoje, aos 55 anos foi pai depois de redescobrir o amor aos 50.

 

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Passatempo "Dia dos Namorados" - Frase n.º 3



A Sílvia Nunes, autora do blogue "O meu jeito simples de viver", não deixou a coisa pelo menos e vai daí concorre com duas frases ao passatempo.

A primeira é esta:


 
 
Se vencer, a música que a Sílvia escolheu para acompanhar a frase é esta dos Queen.
 
Entretanto, podem continuar a enviar as vossas frases. Não esquecer de mencionar a música que gostariam de ouvir e o nome do blogue se o tiverem.
 
Amanhã dou a conhecer uma das prendas que será atribuida a uma das frases que ficar nos três primeiros lugares. Já a vi e é lindíssima. Uma oferta do "Conto de Fadas".
 
 
 

Qual é o melhor movimento feminino?

Imagem da net



Para Millôr Fernandes, "O melhor movimento feminino ainda é o dos quadris".
 
E para quem pensa que tal movimento está reservado às mulheres com corpo escultural apenas direi que não fazem a mínima ideia do que é um verdadeiro movimento de quadris.
 
 
E fiquem com esta menina que, por acaso, tem belos movimentos de quadris...
 
 
Nota - Post colocado após me ter desviado de um indivíduo que ainda deve estar a sofrer os efeitos de um coma alcoólico. É verdade que me valeu um encontro com a esquina do prédio que me provocou uma bela pisadura mas pelo menos consegui desviar-me do dito cujo.
 
 

Passatempo "Dia dos Namorados" - Frase n.º 2


Continuando com a divulgação das frases, a que se segue é da AC, autora do blogue "nadadecoisanenhuma".






Se for esta a frase vencedora o tema que iremos escutar é de Lykke Li, chama-se "Possibility" e pode ser ouvido aqui.
 
Recordo que para além da frase devem enviar o nome da música que gostariam de ouvir.
 
 

domingo, 20 de janeiro de 2013

Para resumir...


Imagem da net
 
Sábado estive nas aulas (cada dia que passa mais me convenço que devia estar doida quando me meti a tirar outro curso). Graças ao "magnífico tempo" que o S. Pedro nos deu quando cheguei a casa tinha o jardim e o pátio da minha casa em estado de sítio. Eram vasos partidos, coisas fora do sítio, enfim...

Resultado: piorei da constipação e os efeitos da anemia que teima em ficar estão a fazer os seus efeitos pelo que vou pegar num livro e aconchegar os meus lençóis...
 
Nota  -  Tenho três frases para o passatempo "Dia dos Namorados" em lista de espera para publicar mas como estou " mais para lá do que para cá " vou deixar para amanhã. A Sílvia e a AC de certeza que não ficam aborrecidas.
 


 

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A Menopausa é "lixada"...



Ou, em boa verdade se diga, a pré-menopausa.

Mas agora entendo algumas coisas...


Recebida por mail


Como se não bastasse as "hormonas aos saltos"...

Passatempo Dia dos Namorados - Frase n.º 1


 
E eis o primeiro "corajoso". Sim, é um homem. Ou pensavam vocês que os homens não podem ser românticos..
 
Chama-se Luís V. e a frase é esta:
 
 
 
 
 
 

Se ganhar a música que vamos ouvir será "Always Somewhere", do grupo Scorpions. Se quiserem ouvir desde já, é esta.

Relembro que podem enviar a vossa frase para o e-mail deste canto até ao dia 10 de Fevereiro: Não se esqueçam de mencionar têm o nome da música que gostavam de ouvir.

De 11 a 13 de Fevereiro as frases serão colocadas à votação e dia 14 de Fevereiro será dada a conhecer a frase vencedora.

Cada participante deverá colocar o selo do seu passatempo no seu blogue (se o tiverem) e todos receberão um "diploma de participação".

Os autores das 3 melhores frases terão direito a um presente do "Conto de Fadas".



Já agora, façam um favor a esta menina: não mandem as frases nos últimos dias. E espero que juntos possamos bater o record do ano passado em que conseguimos 25 frases bem românticas.


quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Por "amor" aos sapatos...valerá tudo?

Imagem daqui



"Encurtam dedos, injectam colagénio na planta dos pés, e até amputam o mindinho. Por uma maior resistência em cima dos saltos, elas não olham a cirurgias nem dão ouvidos a alertas de saúde...O fenómeno inclui, além da redução de dedos... a amputação do dedo mindinho e ainda a administração de injecções de colagénio nas plantas dos pés" - ler artigo completo aqui) -.

Não vou criticar quem opta por soluções tão radicais porque cada uma sabe de si e faz as opções de vida que bem entende.

Mas que me custa a interiorizar a ideia de uma mutilação para poder andar de saltos altos, lá isso custa.


 

O que a vida me ensinou...

Imagem da net


Que não existe felicidade mas momentos felizes.
 
Para os momentos felizes não dependemos de ninguém. Podemos é precisar de alguém.
 
São coisas distintas.
 
 
A música de hoje pode ser esta porque ...
 
 
 

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Passatempo Dia dos Namorados 2013 - 3º

 
 
Porque recordar também é viver, vamos recuar um ano e reler as frases dos 25 corajosos que  aceitaram o desafio de participar no Passatempo "Dia dos Namorados " em 2012.


Independentemente de sabermos definir o "Amor", ou mesmo se concordamos, ou não, com a existência de um dia específico para celebrar um sentimento, a iniciativa valeu pelo empenho, a alegria e  o  espírito de aventura dos participantes que decidiram partilhar, por palavras,  o significado de "Amor". E tivemos frases para todos os gostos. Umas mais intimistas, outras mais pragmáticas e outras com um toque subtil de humor.


Recordemos as frases de 2012:

 

Frase n.º 1:

  • “Se tivesse de escolher um lugar para guardar o nosso amor, escolhia o teu abraço apertado, para o proteger, acarinhar e mimar"
Autora: S*


Frase n.º 2:

  • "amo.te"
Autor: Sutra


Frase n.º 3

  • “Quem somos sem amor? Somente uma casca oca, desprovida do vazio”
Autora: Essência


Frase n.º 4

  • “Amanhã, depois de acordarmos de uma noite de sono entrelaçado e cúmplice, sentados à mesa do pequeno-almoço, deixo para ti a torrada do meio...”
Autora: Ana F.


Frase n.º 5

  • "Amor é viver a vida alegre pelos defeitos de quem ama... dividindo cada momento como um pôr-do-sol e cada dia como a magia que se encontra no sorriso de uma criança... porque os sentimentos não se quantificam... sentem-se!"
Autora: Utena


Frase n.º 6

  • “Os nossos dedos tecem fios de seda urdindo a teia do nosso amor”
Autora: Malena


Frase n.º 7

  • "Muitos abraços foram jogados ao vento por querer e não poder te abraçar e, agora que posso, não quero deixar de fazê-lo. Hei-de abraçar-te com a mesma intensidade durante todos os dias da nossa vida. Amo-te."
Autora: Lisa


Frase n.º 8

  • “aconchego-me nos teus braços, os teus dedos um doce e suave toque.da tua boca os teus beijos, dos teus lábios, Tuas palavras ...@mo.te”
Autora: desejo


Frase n.º 9

  • “Quis o destino, na sua imensa sabedoria, unir estes dois seres para a felicidade eterna. Sorte, talvez fado? Nada disso. Foi simplesmente Amor...”
Autora: Karochinha


Frase n.º 10

  • "O Infinito não é suficiente para medir o meu amor por ti"
Autora: Sam


Frase n.º 11

  • “Não há nada mais quente do que um coração repleto, do que duas mãos dadas, do que um abraço protector. Porque o calor sente-se no corpo, mas provem da alma”
Autora: izzie

Fra
se n.º 12

  • “Sorrir apenas se torna possível quando sinto o teu amor a encher o meu coração”
Autora: Any


Frase n.º 13

  • “Sabemos que o AMOR por alguém é de facto verdadeiro quando nos apercebemos de que morremos para nós próprios para podermos viver em conjunto a vida desse amor”
Autora: Orquídea Selvagem


Frase n.º 14

  • “1+1=1 “
Autora: Só 1 Mulher
       

Frase n.º 15

  • “O amor não se explica, não se compreende, simplesmente acontece”
Autor: Pedro Ferreira


Frase n.º 16

  • “Tocas-me gentilmente a alma, cativas-me...e prendes-me à tua vida....sem cordas nem correntes....apenas com o teu sorriso!”
Autora: Porque um dia me perdi


Frase n.º 17

  • “Vamos fazer deste dia um dia de amor renovado, com 365 momentos inesquecíveis partilhados entre nós”
Autora: Stargazer


Frase n.º 18

  • “Inquieta-me o coração, preenche-me a alma, desassossega-me o corpo. Anda....levo-te nesta viagem comigo”
Autora: AC


Frase n.º 19

  • “O amor não é nada mais do que o coração a pulsar por uma emoção inexplicável”
Autora: Luna


Frase n.º 20

  • "Nenhum caminho é longo de mais quando tu me acompanhas, Sloguótica!"
Autor: Bloguótico


Frase n.º 21

  • “Se o amor fosse definível diria que amo a tua imperfeição, porque é nela que encontro o meu amor verdadeiro por ti. Porque abraços e beijos todos temos, a essência do amor está em aceitar e amar a imperfeição da outra pessoa!”
Autora: life


Frase n.º 22

  • “O amor é”
Autora: isa


Frase n.º 23

  • "Amar é saber que os nossos olhos não se vão nunca mais encontrar e mesmo assim levá-lo para sempre no meu coração."
Autora: Geri


Frase n.º 24

  • “Eu estarei sempre a teu lado nesta longa caminhada! E sempre que precisares de ajuda, estarei lá para te ajudar a lutar contra todas as adversidades! Porque quem “gosta muito” de alguém como eu gosto de ti, Bloguótico, está presente em todos os momentos, quer sejam eles bons ou menos bons, sem nunca desistir!”
Autora: Sloguótica


Frase n.º 25
“eu: "sabes uma coisa?"
ele: "não!
eu: "AMO-TE"
ele:"ainda?"
eu: "para sempre!"”

Autora: Estrela


Passatempo Dia dos Namorados - 2º


 
Respondendo, de uma assentada, às questões colocadas via e-email:
 
 
1 - Não é necessário ser seguidor(a) deste blogue (era só o que faltava, segue quem quer, comenta quem quer e participa quem quer).
2 - Não é necessário ter um blogue (aliás, no passatempo do ano passado foram vários os participantes que não tinham blogue).
 
3 - Será atribuido um número a cada uma das frases por ordem de recepção que se mantém na fase da votação.

4 - As frases serão publicadas à medida que vão chegando.
 
5 - As frases vencedoras serão escolhidas através do voto. Podem votar os participantes, os leitores habituais e os que cairam aqui por engano.
 
6 - A "je" não participa nem tem direito a voto.
 
7 - Todos terão direito a receber um diploma e o selo do passatempo.
 
8 - Os prémios serão remetidos para a morada indicada pelos vencedores.
 
Se tiverem mais alguma dúvida, disponham.
 
 
 

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Passatempo Dia dos Namorados 2013...





Porque o prometido é devido, aqui está o Passatempo "Dia dos Namorados".

Quem acompanha este blogue há já algum tempo sabe que desde 2007 que o desafio é lançado. 
 Apesar de defender que se deve namorar todos os dias, quando se pode, não vem mal ao mundo  existir um dia em que o amor é celebrado.
 
 
Vamos, pois, às regras:

Até ao dia 10 de Fevereiro têm que enviar para o e-mail deste canto uma frase bem romântica e o nome da música que gostavam de ouvir. À medida que forem chegando, vão sendo publicadas.
 
 
Cada participante deverá colocar o selo do seu passatempo no seu blogue e todos receberão um "diploma de participação".
 
 
De 11 a 13 de Fevereiro as frases serão colocadas à votação.
 
 
Dia 14 de Fevereiro a frase vencedora será colocada em forma de post, acompanhada da música escolhida.
 
 
Posso confirmar, desde já, que o passatempo "Dia dos Namorados" vai contar, uma vez mais, com a participação do "Conto de Fadas".
 
Assim, o (a) autor (a) da frase vencedora vai receber uma oferta da loja que vende "pedaços de conto de fadas: globos de neve, carrosséis, realejos, caixas de música e muitos objectos decorativos originais ". Será uma prenda devidamente personalizada graças ao engenho e arte da "rainha" daquele reino encantado.
 
Só posso agradecer à Ana que, de imediato, disse sim à colaboração. Obrigada.

 
Mas as novidades não ficam por aqui. Este ano haverá uma lembrança para o 2º e 3º classificados. Ao longo do passatempo darei pormenores.
 
Coloquem a vossa imaginação e todo o romantismo em acção e criem a "frase mais romântica".

 

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso