sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A Funcionária Pública e o Político



Um homem que se deslocava num balão de ar quente a dada altura compreendeu que se encontrava perdido. Decidiu então reduzir a altitude.

Já próximo do solo avistou uma mulher e interpelou-a nestes termos:

- Peço desculpa de a importunar, mas será que a Senhora podia ajudar-me? Estou perdido. Prometi a um amigo que me encontraria com ele há uma hora atrás, mas a verdade é que não sei onde estou.

A mulher em baixo respondeu-lhe:

- O senhor encontra-se num balão de ar quente que paira no ar a cerca de 8 metros acima do solo. A sua posição situa-se entre os 40 e 41 graus de latitude Norte e entre os 59 e 60 graus de longitude Oeste.

- A Senhora é de certeza uma funcionária pública - disse o balonista.

- De facto sou funcionária pública. Como é que adivinhou? - perguntou a mulher admirada.

- Bom - disse o balonista - tudo o que me disse é muito burocrático, formal e com um sentido obscuro. Até pode ser tecnicamente correcto, mas não resolve o meu problema. A verdade é que eu não sei o que fazer com a informação que me deu e continuo a não ter mínima ideia onde me encontro. Continuo perdido. Para ser franco, não me ajudou em nada. Se alguma coisa daqui resultou foi que a Senhora só contribuiu para atrasar a minha viagem.

A mulher respondeu - O senhor deve ser político.

Na verdade, sou - disse o balonista - mas como é que descobriu?

- Fácil - disse a mulher - o senhor não sabe onde está nem para onde vai. Atingiu a posição onde se encontra com uma grande dose de ar quente. Fez uma promessa e não tem a mínima ideia de como a vai cumprir. Espera e pretende que pessoas que estão abaixo de si resolvam o seu problema. A realidade é que o senhor está exactamente na mesma posição em que se achava antes de me encontrar, mas agora, vá-se lá saber porquê, isso é culpa minha!

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

O que os homens gostam nas mulheres...





O médico Celso Marzano afirmou:


"
O que os homens querem é uma mulher companheira, parceira, esposa e amante .


Esta afirmação surgiu após um inquérito efectuado aos homens em que eles elencavam as características que mais apreciavam nas mulheres.
Ora vejam só:

· Bom humor;
· sensualidade;
· sensibilidade;
· maneira carinhosa de ser;
· maneira cuidadosa e delicada de falar, andar, comunicar-se; firmeza de carácter;
· inteligência;
. fogosidade sexual;
· sociabilidade,
· charme e beleza;
· amizade;
· da sua forma forte de vencer adversidades, de adaptar-se a dificuldades e sair delas rapidamente;
· de sua maneira subtil e franca de dizer as coisas;

E os nossos amigos? O que mais apreciam numa mulher? As mulheres, essas, podem comentar.

Nota - Mesmo que os meninos indiquem partes das fisionomias femininas, nenhuma de nós responderá a provocações como o Sadeek fez, ok?

terça-feira, 28 de outubro de 2008

O que as mulheres mais gostam num homem...




As mulheres há muito que deixaram de acreditar no príncipe encantado.

Hoje em dia a grande maioria apenas quer um companheiro que as respeite e, de alguma forma, as complemente.


Mas quais são, de facto, as características do homem que mais seduzem uma mulher? O aspecto físico? O olhar? O companheirismo? A segurança emocional? A segurança económica? O sentido de humor? Ser carinhoso e meigo? Ser cuidadoso com o seu corpo? Ser sexualmente presente?

Eis o desafio que coloco às meninas.

Toca a nomear as três características que para vocês é mais importante um homem reunir para vos cativar.

E os homens? P que é que eles mais apreciam nas mulheres? Isso fica para outro post. Para já limitem-se a apreciar, e a comentar, as respostas das meninas.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Oh Cristiano Ronaldo


Cristiano, aproveitando esta tua pose, será que podes pedir para na selecção fazeres jus ao prémio que hoje te foi atribuído?

Obrigadinho.

Reconstrução



Imaginem uma casa que está em má condições.

Por vezes, por mais que gostemos da nossa casa, temos que tomar a terrível decisão de a demolir.

Por vezes, a destruição da nossa casa vai sendo feita paulatinamente. Começam com pequenas infiltrações. Depois, começam a cair telhas do telhado. A tinta das paredes vai ficando enegrecida. Muitas vezes, um telhado, ou mesmo uma daquelas paredes, cai sem avisar e magoa quem é apanhado no meio..

Por vezes, os ferimentos são fatais.
E, aí, pouco ou nada há a fazer. Temos mesmo que destruir a casa. Empacotar o que fomos acumulando ao longo de uma vida e deixá-la. Assim. Tão simples e doloroso quanto isso.

Mas, eis que alguém nos diz que a casa, apesar de estar a cair, tem excelentes alicerces. Que os mesmos continuam firmes e fortes.

E, de imediato, começamos a sonhar com a reconstrução. Como ela vai ficar depois de novas e amplas janelas para deixar entrar a luz e podermos ver o horizonte. Uma casa que seja o nosso porto de abrigo que se abre para nos aconchegar.

Voltamos para trás e começamos a reconstrução.

Este fim-de-semana deitei a minha casa abaixo e eis que ao olhar para trás vi que os seus alicerces se mantinham fortes.

Este fim-de-semana voltei e comecei a reconstruir a minha casa.

sábado, 25 de outubro de 2008

Dignidade...




Alguém disse que o que nos define não é aquilo que somos.



O que nos define é a dignidade com que nos levantámos depois de uma queda.





sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Pensamento para o fim-de-semana





Não é o desafio que define quem somos nem o que somos capazes de ser, mas como enfrentamos esse desafio: podemos incendiar as ruínas ou construir, através delas e passo a passo um caminho que nos leve à liberdade.
Richard Bach

Sexta-feira?





Hoje já é sexta-feira?

Bolas!....

Falta muito para segunda?

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Adoro-te...

Como habitualmente, encontro-me no escritório em frente ao computador.

Cheguei à cerca de uma hora a casa, comi qualquer coisa e comecei a adiantar algum trabalho de escrita.

Neste meu ritual gosto de ter os meus amigos a sinalizar presença no canto superior direito do computador. Tal não acontece hoje pelo que estava com aquela sensação de vazio.

Eis quando a minha filha mais nova entra no escritório para se despedir antes de ir para a cama, me abraça, dá um beijo e me diz: "adoro-te mamã".

Bolas, estava mesmo a precisar e nada de me chamarem lamechas. Esta noite não sentirei tanto frio. Tenho a certeza.

Fotos do Jantar Blogueiro

O Requiem, esse querido, esse amoroso, esse.... sei lá o que dizer (livra-te de dizer KANOJO), enviou-me algumas fotos do jantar blogueiro. Algumas bem comprometedoras.

Não fora uma pessoa ter pedido, de joelhos acrescente-se, para não publicarmos fotos em que estivesse, e eu colocava uma foto que acabei de receber.

Ainda estou indecisa....

Insónias...





Os efeitos das noites de insónias, recorrentes na minha pessoa, têm mais consequências do que umas valentes olheiras, o cansaço, doses elevadas de café e nicotina e umas taquicardias mimadas ao longo do dia.

Confesso que nas minhas longas noites de insónias o que mais me aborrece, para além do frio que sinto pela ausência de calor humano, é o facto dos meus neurónios se recusarem a atingir aquela letargia que é óptima (o efeito zombie, recordam-se?).

Os teimosos, querem à viva força companhia. Se não dormimos, tu não dormes. Se pensámos, tu pensas. E logo agora que não queria pensar.

Não queria pensar que quando uma mulher atinge os 40, arrasta com ela uma história de vida com alguns milhares de dias. Uns bons, outros menos bons. Uns péssimos, outros terríveis.

Não queria pensar que, com ela, vêm igualmente as defesas que lhe permitiram enfrentar esses mesmos dias.

A sabedoria de saber que as tristezas se renovam mas que as ultrapassamos. Mesmo que coloquemos todos os nossos sonhos e empenhos noutras esferas que não aquelas que pensávamos até então.

Por vezes temos que aceitar que há sonhos interditos para alguns. Quando assim é, temos que renovar as nossas prioridades, os nossos objectivos.

Não interessa se é um caminho que encetámos sós. O que interessa é saber que caminho. E esse, não vemos numa longa noite de insónias.

E, ao amanhecer, há que colocar o sorriso que vestimos todos os dias porque há um mundo que temos de enfrentar, um caminho que temos que percorrer mesmo que não se saiba onde ele nos leva...




quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Desculpem lá...

Eu sei que hoje estou numa de "parvalheira", mas alguém me explica porque razão se promete algo para depois não cumprir?

Pensamento da semana


Você precisa fazer aquilo que pensa que não é capaz de fazer

Eleanor Roosevelt

Alguém quer os meus? Ofereço...




Hoje dei por mim a pensar, sim às vezes também me dá para isso, da vantagem que seria não termos sentimentos.

Ter sentimentos é complicado e proporciona quase sempre confusões.

Reparem:


Todos concordarão que os primeiros impulsos são sempre os mais verdadeiros. O que fazemos? Reprimimos os impulsos e acabamos por ter atitudes que são tudo menos aquelas que gostaríamos de ter.

Outro exemplo?


Gostámos de alguém, não somos correspondidos. O que fazemos? Depende de pessoa para pessoa mas a maioria anda encostada às paredes, feitos "calimeros", a bradar contra tudo e contra todos, questionando-se que mal fez a um ente qualquer para ter tanto azar porque até é boa pessoa. Outras existem que se fazem de fortes e tentam passar a imagem de que está tudo bem, que não estão minimamente afectadas, que a vida é para andar e não para estar sentado em qualquer paragem. Balelas. Não ser correspondido, independentemente da atitude posterior que tomemos, doi e magoa, ok?

Mais um?

Alguém que gostámos magoa-nos. Que fazemos? Bom, uns ripostam forte e feio numa de competição para ver "quem magoa mais quem". Outros, pelo contrário, utilizam a táctica de vítima de guerra e consequente stress pós traumático. Mas existem aqueles que do alto da sua imensa sabedoria exclamam: "a mim só magoa quem eu quero".

Sentimentos?

São bonitos, não digo que não.

Sentimentos?

Fazem parte da vida, eu sei. Não nasci ontem.

Sentimentos?

Fazem-nos crescer enquanto seres humanos? Eu sei. Já vendi essa teoria imensas vezes neste e noutros espaços.

Mas digam lá que não era bom sermos apenas seres racionais, despidos de sentimentos e emoções?

É que, venham com as teorias que vierem, os sentimentos magoam e fragilizam.

Então, quando estamos sós...mesmo estando nós habituados à solidão...

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Eu?






Nunca entendi porque em determinadas situações não consigo ser eu própria.

Nunca entendi porque tenho que estar em guarda e não deixar transparecer o que, de facto eu sinto.

Nunca entendi porque faço questão de transmitir uma ideia errada da minha pessoa.

Nunca entendi porque sou fria quando sou meiga.

Nunca entendi porque sou triste quando sou alegre.

Nunca entendi porque me afasto quando estou ali, junto de quem gosto.

Nunca entendi porque sou sarcástica quando apenas quero um abraço amigo que me conforte.

Eu só queria ser eu...


domingo, 19 de outubro de 2008

Encontro Blogueiro

Eu sei que me competia escrever qualquer coisa sobre o encontro blogueiro que decorreu esta fim-de-semana na Póvoa de Varzim mas confesso que ainda estou em estado de choque.

Ainda se lembram do 1º encontro que decorreu em Leiria? Pois, este não teve nada a ver.

Marcaram presença, para além de mim própria, o Pensador (anfitrião), a Djinn, o Requiem, o Calvin, a Cristina e a Sílvia. Até aqui, tudo bem.

O hotel era óptimo. Continua tudo bem.

A partir daqui todos os restantes factos e situações são inacreditáveis.

Tenho que me recompôr.

Querem um exemplo? O Requiem vestido à Keannu Reaves, num local marroquino a cantar....Abba.

Confusos? Também eu.....

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Faz hoje 11 anos...

Durante quase 18 meses foste a minha âncora. Sem ti, provavelmente, não sairia daquele quarto dos cuidados intensivos. Foste tu que me deste força e alento quando eu queria desistir. Entretanto, passaram 11 anos.

Estás alta e engraçada.

Condiz com a tua graça.

És vaidosa e despachada

Gostas de mandar

e ter sempre o teu direito.

Paciência? Falta-te o jeito.

Não gostas de ser contrariada.

Se não te damos razão

ficas logo amuada.


Mas é, por isto tudo, que te adorámos.

Parabéns Inês




quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Isto hoje




Não me está a correr nada bem.

Melhores dias virão...


Parabéns meu Amigo

Este meu Amigo




Faz hoje anos.

Escrevi um texto com palavras bonitas.

Mas entendi que não seria necessário. Entre algumas pessoas as palavras são desnecessárias.

Para ti, Pensador, apenas bastará dizer:Parabéns, meu Amigo.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Aqueles dias...





Sabem aqueles dias em que estamos em baixo e nem sabemos porquê?

Não, não tem nada a ver com a TPM.

Também não terá a ver com a menopausa porque se a acne se lembrou de aparecer agora é sinal que estou a regressar à adolescência.

Foi mais uma noite de insónias, sem qualquer motivo, e estou assim, sem motivo algum.

Estou assim, que nem uma rosa murcha e velha.

Talvez por isso, este post é um autêntico disparate...

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Pensamento da semana...





Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Falta de sexo prolonga a vida?


O Expresso apresenta uma entrevista à virgem mais velha do mundo.



"Chama-se Clara Meadmore, tem 105 anos e orgulha-se de não só ter uma visão óptima, como também não lhe faltar cabelo e não precisar de dentadura. Embora não exista um elixir da juventude que explique tanta saúde, a escocesa revela o segredo para tal longevidade: nunca ter tido televisão e manter-se virgem. "O sexo envelhece", garante."
Podem ler a notícia aqui


Bom, se o segredo da longevidade reside na ausência de sexo, então eu vou morrer precocemente mas.....feliz.



Dardos


O Requiem, que está hoje com um sentido de humor apurado, nomeou-me para o Prémio "Dardos".

Confesso que ainda não entendi se eu sou o alvo ou o dardo, mas isso agora não interessa nada.

A imagem é esta:




As regras são estas:


O Prémio Dardos reconhece o valor de cada blogger ao transmitir valores culturais, éticos, literários ou pessoais e que de alguma forma demonstram a sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto naquilo que escrevem. Por outro lado, esta é também uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.
Quem recebe o Prémio Dardos e o aceita deve seguir algumas regras:
1. - Exibir a imagem;
2. - Linkar o blog pelo qual recebeu o prémio;
3. - Escolher quinze outros blogs aos quais entregar o Prémio Dardos

Porque o Requiem açambarcou 80% das minhas nomeações, vou repetir algumas. Paciência, temos pena. Antes repetir que inventar.

- Ao Requiem, porque me meteu nisto e leva da mesma moeda

- À Djinn porque me atura e porque é a minha Amiga blogueira

- À Cristina porque é como se fosse a minha 3ª estrela

- Ao Sadeek, porque não me posso esquecer dele

- À Tinta Permanente, porque gosto do blogue dela e tenho aprendido com ela

- Ao Calvin porque o blogue dele é leitura diária e espero conhecê-lo no próximo dia 18

- À Guerra que o Pensador pensa estar a ganhar

- Ao Pensador, porque, apesar das guerras, é o meu melhor amigo blogueiro

- À Anuska para que pare de estudar um pouco

- À Pinxexa porque está a criar um blogue e tem que se entreter com qualquer coisa

- Ao Francisco, porque já está calado há muito tempo

- Ao Lança em África porque gosta das mulheres do signo de peixes, logo só pode ser bom moço


- Ao Pedro, porque é inútil resistir ao blogue dele

- Ao meu cunhado que anda meio preguiçoso e tem que se fazer à vida

- Ao José, porque ele faz falta no mundo "blogueiro"


sábado, 11 de outubro de 2008

CARAS

Tal como o Pensador e o Requiem, também eu elaborei uma capa para a Caras.


E fiz a capa que, de facto, gostaria de ver numa revista.


É óbvio que os editores não vão gostar pois nada tem a ver com a linha editorial da revista.


Como eu entendo muito de computadores, ao contrário dos meus amigos Pensador e Requiem, não consegui obter uma cópia da capa para colocar no blogue.

Mas a mensagem foi mais ao menos esta:

A acompanhar esta foto


a notícia bombástica era:

"CONHEÇA A VERDADEIRA MULHER PORTUGUESA. AQUELA QUE NÃO TEM DINHEIRO PARA FESTAS E SPA´S".


quinta-feira, 9 de outubro de 2008

O signo peixes e os outros...




A pedido de muitos piscianos, aqui ficam algumas notas sobre a relação das pessoas do signo peixes com os outros signos.

Peixes-Carneiro
Viver uma paixão sem limites, este poderá ser o resultado desta associação. Com grande facilidade para expressar as suas emoções e dedicar-se de corpo e alma à pessoa que amam, pode fazer com que Carneiro deixe de lado a sua agressividade e viva com maior tranquilidade. O Carneiro deixa-se seduzir facilmente pelo carácter sonhador de Peixes e, este, entrega-se à fogosidade do primeiro, podendo ambos viver uma história de amor.

Peixes-Touro
A atracção de Peixes por sonhar acordado com coisas impossíveis, é precisamente o oposto de Touro que gosta de uma vida organizada e rotineira. Apesar disso, se Touro conseguir dirigir a parte emocional de Peixes e organizar a sua vida, esta ligação será bastante forte e os laços criados, deixarão marcas profundas em ambos. Se chegar a existir uma relação de facto e essa relação deixar de funcionar, a separação será difícil e dolorosa para ambos.

Peixes-Gémeos
A união entre estes dois signos será muito forte e estará baseada na paixão. Peixes necessita uma relação estável, já que a abundância de sentimentos pode voltar-se contra si. Gémeos é muito positivo e aguentará as mudanças de humor de Peixes, que procurará em Gémeos um apoio. Esta relação poderia resultar se Peixes não quisesse saber tantas coisas de Gémeos que preza muito a sua liberdade.

Peixes-Caranguejo
Se conseguirem ultrapassar a desconfiança que existe por Peixes pensar que Caranguejo não lhe dá a devida atenção, a relação pode ser duradoura e baseada no amor e na harmonia. Apesar de tudo, terão bastante dificuldade em dialogar para conseguirem alcançar a compreensão e o conhecimento um do outro.

Peixes-Leão
O carácter sonhador de Peixes, a sua capacidade emocional que se expressa com muita facilidade, podendo enganar-se a si mesmo, contrasta com o de Leão que necessita do convívio com outras pessoas. Se a relação funcionar, dará a Leão um aumento da sua auto- estima. Os mundos diferentes em que vive cada um, são um elemento para contrabalançar esta relação. Só com algum esforço esta relação pode durar.

Peixes-Virgem
Será bonita esta relação, enquanto durar. Por lado, Virgem, com a sua forma de ser organizada e uma enorme capacidade de análise e, por outro lado Peixes, sonhador e demasiado sensível. Se iniciarem uma relação procurarão o apoio um do outro para alcançar os seus objectivos e pode ser que seja uma relação duradoura. Mas também pode acontecer que os mundos de ambos sejam incompatíveis e a relação terminará.

Peixes-Balança
Peixes apaixonará Balança, usando a sua sensibilidade e magnetismo e deixando-o pensar que encontrou a sua alma gémea. O primeiro encontro marcará a vida de ambos e nunca o vão esquecer. Peixes sente segurança com Balança e este transmite-lhe confiança para continuar a relação. É uma relação duradoura.

Peixes-Peixes
Se viverem um amor verdadeiro, então serão companheiros para toda a vida e dificilmente se separarão. O desejo de satisfazer as vontades um do outro é grande e numa relação a dois sentir-se-ão realizados neste aspecto. O único problema desta relação é que ambos possam cair num estado de melancolia pela falta de ideais por que lutar. É uma união feliz.

Peixes-Escorpião
É uma relação firme e com muito amor. Apaixonar-se-ão de maneira irresistível um pelo outro. Escorpião entregar-se-á sem rodeios a Peixes e, este também não poderá resistir-se. O sentimento que nutrem um pelo outro será tão intenso que o mais natural é que unam as suas vidas. A entrega e a confiança serão totais de parte a parte e o ciúme nunca terá lugar nesta relação.

Peixes-Sagitário
Se controlarem a irritação, poderão ter uma relação feliz. Um amor à primeira vista será o início desta relação. A sensibilidade de Peixes, fascinará Sagitário e a Peixes a actividade e versatilidade e a facilidade de sedução de Sagitário. Completar-se-ão um ao outro e se forem compreensivos um com o outro, serão felizes.

Peixes-Capricórnio
A ternura de Peixes servirá para atenuar a maneira de ser dura e inflexível de Capricórnio. Esta transformação involuntária, deixará o Capricórnio um pouco desorientado por se aperceber que caiu nas mãos de Peixes e que está a ser moldado à sua maneira, sem conseguir controlar-se. A relação pode durar muito ou pouco tempo se existir paciência de ambas as partes.

Peixes-Aquário
A entrega será mútua e viverão uma paixão intensa. Aquário sente-se atraído pelas qualidades místicas de Peixes e pensará que tem um mundo por descobrir. Ambos procuram a pessoa ideal para partilhar as suas vidas e ao longo deste relacionamento irão desenvolver laços mais profundos. A sensibilidade de ambos e a busca dos mesmos objectivos, faz com que esta relação tenha possibilidades de durar.



Por falar em mulher gorda, apetites e coisas similares


Já começo a ficar com pena do Pensador.

O moço, sempre bem intencionado, decide ser o anfitrião da 2ª edição do jantar blogueiro.

Inscritos: meia dúzia de gatos pingados. Os melhores, obviamente.

Chega a hora de escolher a ementa (o objectivo era escolher uma ementa consensual) e que diálogo terá o Pensador com dono do restaurante?

Pensador - Ora muito bem, para o jantar do dia 18 somos 5 confirmados.

Dono do restaurante - Muito bem. Quanto à ementa, temos umas entradas e uma sopinha, não é verdade? E qual o prato principal?

Pensador - Bom, isso é um pouco mais complicado....

Dono do restaurante - Complicado?

Pensador - Pois, a verdade é que para prato principal as pessoas escolheram: bacalhau com broa, bifinhos com cogumelos, tripas à moda do porto e arroz de cabidela...

Dono do restaurante - O quê?

Pensador - E há um que ainda não disse nada.... e ainda há aqueles que vão marcar presença em cima da hora...



Nota 1 - Estou a ver que este jantar vai ter mais história do que o de Leiria, facto que considerava impossível....



Nota 2 - Dava jeito ter mais um ou dois homens inscritos para tomar conta das moçoilas.





quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Mulher gorda.... e homem gordo!




Vá-se lá saber porquê mas a verdade é que, na maioria das vezes, os meus almoços resultam em situações hilariantes.

Como sempre fui almoçar com a Pinxexa. A nós juntou-se uma boa amiga e um colega de trabalho que em termos de gordura a mais rivaliza comigo.

O tema "igualdade dos sexos" surgiu naturalmente a meio da refeição.

Eis quando o nosso colega, virado para mim, se sai com uma frase absolutamente fantástica e que provocou umas valentes gargalhadas:

"A mulher gorda é rejeitada à partida, enquanto o homem gordo é rejeitado durante a luta".

Pensei para comigo: Bolas, nem na gordura há igualdade.


terça-feira, 7 de outubro de 2008

Esclarecimento

Porque algumas dúvidas se têm levantado sobre o local do jantar blogueiro, aqui vão alguns esclarecimentos:

Póvoa de Varzim fica a 18 Km da cidade do Porto, isto é, a 10 minutos do Porto, pela A28.

Quem vem do Sul ou do centro do País, pode sempre optar pelo comboio até ao Porto e depois apanhar o Metro que vai até à Póvoa do Varzim.

O nome do restaurante, o ponto de encontro e restantes pormenores serão remetidos para os e-mail's dos inscritos.

Os que não estiveram presentes no 1º Jantar Blogueiro deverão indicar o 1º nome no acto de inscrição, para uma surpresa.


Esta sou eu....e não vale a pena continuarem a pedir

Em resposta aos pedidos para colocar a minha foto, aqui está ela. Se estavam à espera de uma foto actual, podem esperar sentados.



Cá estou eu com as minhas dúvidas existenciais...




Bertrand Russell afirmou: "A estupidez coloca-se na primeira fila para ser vista; a inteligência coloca-se na rectaguarda para ver".


Mas, eu pergunto: de que serve a inteligência quando vivemos numa época em que a estupidez é premiada?





segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Jantar Blogueiro 3

Como é do conhecimento de todos os amigos, a 2ª edição do Jantar Blogueiro terá lugar na cidade da Póvoa de Varzim no próximo dia 18 de Outubro.

O Restaurante já está escolhido, faltando apenas escolher a ementa entre as seguintes sugestões:

Carnes:
- Lombinhos de Vitela com molho de cogumelos
- Vitela assada
- Bife à moda da casa
- Rojões à moda do Minho
- Tripas à moda do Porto
- Coelho à moda da casa
- Cabrito assado
- Lombo assado

Peixes:
- Bacalhau com Brôa

Assim, pede-se a todos aqueles que estarão presentes que quando da inscrição indiquem a sua opção entre as sugestões apresentadas.

Recorda-se que o prazo para a inscrição é até ao próximo dia 08 de Outubro, através do seguinte mail: Ni.entreamigos@gmail.com.

Os inscritos deverão indicar um mail de contacto para que posteriormente sejam informados do programa, local de encontro e outras informações relevantes.







domingo, 5 de outubro de 2008

De regresso...

De um Colóquio que primou, salvo honrosas excepções, pela monotonia e o som monocórdico dos Ilustres Oradores convidados.

Não fosse o fotógrafo de serviço estar constantemente a tirar fotos aos congressistas e eu teria tido oportunidade para colocar o sono em dia.

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso